Egídio nega favoritismo do Cruzeiro em clássico: “Nada garantido”

"Neste jogo, temos de ter a concentração que tivemos no primeiro", afirmou o lateral

Twitter/ReproduçãoTwitter/Reprodução

atualizado 17/07/2019 10:59

O Cruzeiro leva a campo, nesta quarta-feira (17/07/2019), contra o Atlético-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte, uma grande vantagem de 3 x 0 construída na semana passada, pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Para o jogo da volta, que vale vaga nas semifinais da competição nacional, o lateral-esquerdo Egídio ressaltou que o favoritismo não está com o clube celeste por conta disso.

“Nossa vantagem é boa, mas não tem nada garantido. A gente vem treinando bastante, aproveitamos bem a intertemporada, conversamos também. E isso está surtindo efeito em campo. Neste jogo, temos de ter a concentração que tivemos no primeiro”, afirmou o jogador, nesta terça-feira (16/07/2019), em entrevista coletiva na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte.

“Temos um time experiente, muito maduro. O Cruzeiro está acostumado com jogos grandes, com pressão. Então, estamos todos preparados. Construímos, nos primeiros 90 minutos, uma vantagem boa. Mas sabemos que será um jogo difícil e sempre respeitamos os adversários. Estamos prontos para fazer um grande jogo. Se repetirmos o que fizemos no primeiro jogo, vamos garantir nossa classificação”, comentou.

Egídio sabe que o Cruzeiro não pode ficar apenas administrando a vantagem que construiu. “Estamos jogando fora de casa, com vantagem de três gols, não temos motivo de nos lançar à frente. Mas também não vamos ficar só lá atrás. O Mano (Menezes) vai nos instruir bem, traçar uma estratégia boa para a gente surpreender eles”, disse o lateral-esquerdo.

“O Mano tem experiência grande, é um grande treinador, ganhador de títulos. E nosso grupo também é experiente, vencedor. E no futebol você tem de estar sempre provando. O Mano prioriza a linha defensiva e nas últimas duas partidas não sofremos gols. Então, vamos procurar entrar fortes novamente nesta decisão”, afirmou.

Assim como aconteceu na última semana, a torcida do Cruzeiro compareceu na porta da Toca da Raposa II para levar apoio aos jogadores antes da decisiva partida contra o Atlético-MG. Egídio aprovou a presença dos torcedores.

“O apoio da torcida é muito importante, a união com os atletas é fundamental. Na semana passada eles vieram e nos apoiaram e no jogo deu tudo certo, nós fizemos nossa parte em campo, e eles na arquibancada. Quem sai beneficiado é o Cruzeiro”, disse. “Falando pelo grupo, posso dizer que estamos fechados com o Cruzeiro. A gente fica lisonjeado quando está em outros estádios e vê a torcida do Cruzeiro, mesmo em menor número, apoiando. Então, vamos nos doar ao máximo para sair com a classificação”, finalizou.

Últimas notícias