*
 

O Brasiliense apresentou nesta terça-feira (10/7) o atacante Jobson. O jogador, com passagens por clubes como Botafogo, Bahia e Atlético Mineiro, chega para vestir a camisa 7 do Jacaré, time pelo qual foi revelado em 2007. A nova temporada terá duração de três anos, conforme o contrato assinado com a equipe do Distrito Federal.

No Brasiliense, o atacante despontou para o futebol. “Aqui foi onde tudo começou. Sou paraense, mas tenho Brasília como minha segunda casa. Feliz em estar de volta”, disse ele, que ficou no time até 2009, quando saiu da capital para o Rio de Janeiro, cidade na qual começou a jogar pelo Botafogo. “Onde joguei, sempre torci pelo Brasiliense. Estou mais experiente e maduro, e isso ajuda muito”, afirmou.

Para o atleta, a contratação pelo Jacaré é uma “oportunidade para recomeçar a carreira”. “Eu saí daqui campeão e peço o apoio da torcida, pois vou ajudar muito o Brasiliense”, garantiu.

A diretora do clube, Luiza Estevão, comemorou a chegada do jogador e afirmou que o atacante será peça crucial na investida do Jacaré em 2019. “Lógico que queremos ganhar todos os títulos. Este ano, por muito pouco, não conseguimos: faltaram três jogos. O Jobson vai nos ajudar a alcançar nossos objetivos”, afirmou a dirigente.

Confira imagens da apresentação do jogador: 

 

Polêmica
O atacante volta ao futebol depois de ter sido suspenso em 2015. Jobson teria se recusado a realizar um exame antidoping quando defendia as cores do Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Agora, promete empenho e se cuidar até a próxima temporada.

Apesar de ter sido apresentado nesta terça (10/7), Jobson só retornará aos gramados em 2019. “Vou me cuidar, voltar ao peso ideal e treinar bastante, para estar preparado ano que vem”, garantiu.

O atacante é um reforço importante para a equipe, que já conta com nomes como Ramadés e o experiente Lúcio, ex-capitão da Seleção Brasileira de Futebol.