De NeyDay a ridículo: como Neymar chega à decisão do PSG na Champions

Expulso no último sábado diante do Lille, o camisa 10 do time francês foi duramente criticado na imprensa e defendido por fãs nas redes

atualizado 05/04/2021 10:17

NeymarTF-Images/Getty Images

O Paris Saint-Germain encara o Bayern de Munique na próxima quarta-feira (7/4), em duelo pelas quartas de final da Champions League. Às vésperas da reedição da final da temporada passada, o nome de Neymar virou centro de discussão. Expulso no último sábado diante do Lille, o camisa 10 do time francês foi duramente criticado em texto da revista France Football. Já nas redes sociais, o brasileiro ganhou apoio dos fãs, que colocaram a hashtag NeyDay entre os assuntos mais comentados.

Após o cartão vermelho de sábado ao protagonizar discussão acalorada com o atacante Djalo, Neymar recebeu críticas pesadas na imprensa internacional. “Maturidade de júnior” e “seu show ridículo” foram algumas das expressões usadas para classificar a atitude do brasileiro. O contragolpe dos fãs ocorreu nas redes sociais, com mensagens de apoio.

Com a imagem irretocável para alguns e desperdício de talento para outros, fato é que Neymar chega a mais uma decisão em evidência. Na quarta, diante do Bayern de Munique, caberá a ele demonstrar quem está com a razão. A seguir, o Metrópoles recorda momentos-chave da caminhada de Neymar até as quartas de final.

Decisivo na fase de grupos

Na despedida da fase de grupos, Neymar havia feito um de seus melhores jogos na temporada. O duelo com o Istanbul Basaksehir ficou marcado por acusação de racismo contra o quarto árbitro, com as duas equipes deixando o gramado. O brasileiro foi um dos protagonistas do protesto, sendo considerado um dos momentos mais maduros dele na carreira. No dia seguinte, ele marcou três gols e passou a liderar a artilharia da Champions.

Ausente contra o Barcelona

Depois do show na goleada por 5 x 1, porém, ele se machucou e perdeu as duas partidas diante do Barcelona. Coube ao francês Mbappé liderar o time francês e buscar a classificação. Neymar viu a artilharia ficar distante. O jovem Erling Haaland, do Borussia Dortmund, disparou com 10 gols em 6 jogos. O brasileiro ainda aparece na segunda posição, com seis gols em cinco partidas, junto com Youssef En-Nesyri (Sevilla), Álvaro Morata (Juventus), Mbappé (PSG), Marcus Rashford (Manchester United) e Olivier Giroud (Chelsea).

Francês à parte

Quando o assunto é Campeonato Francês, a fase de Neymar não é nada boa. Expulso no sábado, em seu retorno ao time titular depois da recuperação da lesão, ele seguiu uma tendência desta temporada. De 31 partidas feitas pelo PSG, ele atuou em apenas 13, sendo 10 como titular e 3 como reserva. Em 14 jogos, ele estava lesionado. Ele também foi desfalque três vezes por suspensão e uma por servir à Seleção Brasileira.

Vídeos
Últimas notícias