Com reservas, Santos bate São Paulo e impede líder de abrir vantagem

Time alvinegro usou equipe de suplentes devido ao seu compromisso com o Boca Juniors, pela Libertadores

atualizado 10/01/2021 19:33

Alexandre Schneider/Getty Images

E o Campeonato Brasileiro continua aberto. O líder São Paulo mais uma vez não conseguiu aproveitar a derrota de um concorrente direto (o Flamengo foi batido pelo Ceará no Maracanã) e falhou em abrir vantagem na ponta. A oportunidade deste domingo foi especialmente prejudicial, porque o tricolor paulista atuava em casa contra um Santos repleto de reservas, devido ao compromisso com o Boca Juniors pela semifinal da Libertadores. Mesmo assim, o Peixe foi superior, marcando forte e conseguindo aproveitar as poucas oportunidades do jogo, com gol de Jobson, no início do segundo tempo.

O resultado mantém o São Paulo com 56 pontos, ainda na liderança. Atlético-MG e Internacional, que ainda jogam na rodada, têm 49 e 50 pontos, respectivamente, e podem diminuir a diferença. O Santos vai a 42 pontos, permanecendo na 8ª posição.

Na 30ª rodada, o São Paulo encara o Athletico-PR no próximo domingo. No mesmo dia, o Santos recebe o Botafogo na Vila Belmiro.

O jogo

O São Paulo começou a partida dominando a posse de bola e rondando a entrada da área santista. Esse domínio, no entanto, não conseguiu ser traduzido em chances reais de gol, por erros de passes no ataque e pelo bom posicionamento da defesa adversária.

Mesmo com o domínio tricolor, quem encontrou a melhor oportunidade da partida foi o Santos, aos 25 minutos. Arthur Gomes recebeu de Lucas Braga e partiu em velocidade, chutando cruzado na trave de Tiago Volpi. No rebote, Juanfran quase deu bobeira, permitindo a recuperação do jogador do Santos, mas o arqueiro são-paulino conseguiu limpar.

Em um jogo amarrado, o Santos utilizou sua estratégia de contra-golpe para ter a melhor chance do jogo, enquanto o São Paulo, apesar dos 70% da posse de bola, não conseguiu chegar com mais perigo ao gol adversário.

2º tempo

Logo no início da retomada do jogo, o Santos conseguiu abrir o placar. Arthur Gomes recebeu na intermediária pela esquerda, arrancou e invadiu a área, dando um posse para a infiltração de Jobson. A tentativa de cruzamento deu errado, porém, a bola voltou e o camisa 8 chutou cruzado, fraquinho. Volpi foi atrapalhado pelo tráfego a sua frente e aceitou.

Precisando do resultado, o São Paulo promoveu uma série de mudanças para tentar buscar o empate. Cuca respondeu com suas próprias alterações. Como resultado, o jogo se manteve amarrado, sem grandes espaços para as duas equipes atacarem.

Desesperado, o tricolor paulista abandonou sua ideia de toque de bola e passou a abusar dos cruzamentos para a área, levando o goleiro João Paulo a fazer grandes defesas e manter o resultado favorável ao Santos.

Vídeos
Últimas notícias