Com chances mínimas de acesso, Cruzeiro está próximo de marca indesejável

O time mineiro pode ser o primeiro entre os 12 grandes do Brasil a não conseguir voltar para a elite logo após ter sido rebaixado

atualizado 03/12/2020 21:52

Cruzeiro Marcelo MorenoGustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro está perto de fazer história na Série B do Campeonato Brasileiro. Em 15º colocado na tabela, o time mineiro pode ser o primeiro entre os 12 grandes do Brasil a não conseguir voltar para a elite logo após ter sido rebaixado.

De acordo com o Departamento de Matemática da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), o Cruzeiro tem praticamente as mesmas chances de ser rebaixado (4,4%) e de conquistar o acesso à Série A (4%). Diante dessas baixas probabilidades para um e outro, o mínimo que a Raposa pode esperar é nenhum nem outro, ou seja, manter-se na Série B.

Porém, nunca, na era dos pontos corridos, desde 2006, um time que está entre os 12 grandes do Brasil (Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos, Grêmio, Internacional, Atlético-MG e Cruzeiro) não conseguiu o acesso logo depois de ter caído. Veja:

2006: Atlético-MG subiu após ter sido rebaixado em 2005

2008: Corinthians subiu após ter sido rebaixado em 2007

2009: Vasco subiu após ter sido rebaixado em 2008

2013: Palmeiras subiu após ter sido rebaixado em 2012

2014: Vasco subiu após ter sido rebaixado em 2013

2015: Botafogo subiu após ter sido rebaixado em 2014

2016: Vasco subiu após ter sido rebaixado em 2015

2017: Internacional subiu após ter sido rebaixado em 2016

Com 25 rodadas disputadas, o Cruzeiro está a 19 pontos do líder, a Chapecoense, e 10 pontos atrás do 4º colocado, o Juventus, que está empatado em 41 pontos com o Sampaio Corrêa (3º) e o América Mineiro (2º).

Uma sequência de nove jogos sem perder deu certo alívio ao time de Felipão, mas ainda não é o suficiente. Mas restam apenas 13 rodadas, 39 pontos a serem disputados, para o fim da competição. O Cruzeiro depende de si para fazer uma campanha perfeita nesta reta final, além de torcer para os demais candidatos ao acesso tropeçarem.

Vídeos
Últimas notícias