Bruxaria? Justiça não encontra Ronaldinho e ex-noiva fica sem pensão

De acordo com o jornal Extra, Oficias de Justiça não conseguem achar o ex-jogador para intimá-lo e fazer valer decisão de três meses atrás

atualizado 21/01/2021 11:18

Ronaldinho Gaúcho na prisãoReprodução/Twitter

A ex-noiva de Ronaldinho Gaúcho, Priscilla Alves Coelho, ainda não recebeu um centavo da pensão mensal de R$ 100 mil que teria direito a receber, de acordo com o jornal Extra. Em dezembro de 2020, a Justiça determinou o pagamento por parte do jogador, ao reconhecer a união estável, mas desde então não consegue localizá-lo. Sem a intimação, a decisão contra o “Bruxo”, como é apelidado no futebol, não pode ser cumprida.

“Infelizmente, não conseguem intimá-lo e a Justiça é lenta. Meu advogado está vendo o que fazer. Ainda não recebi nada. E pelo que gasta, isso é muito pouco para ele”, afirmou Priscilla Alves, ao jornal Extra.

Em 7 de dezembro do ano passado, dia em que o juiz responsável pelo processo acatou o pedido de pensão compensatória, a dificuldade de encontrar o craque já era citada pela Justiça.

Os oficiais tentaram localizar Ronaldinho em sua residência no Rio de Janeiro, mas sem sucesso. O ex-jogador estaria em um Haras no Rio Grande do Sul.

Em casos como esse, o último recurso da Justiça é fazer a intimação por meio de citação no Diário Oficial.

0
Trisal e relacionamento de seis anos

Ronaldinho e Priscila teriam se conhecido em 2013 e, entre idas e vindas, se relacionaram por seis anos. “Passamos períodos de calmaria, mas Ronaldo começou a aprontar demais. Eu ficava sabendo de tudo e tentava largar. Ele vinha atrás, eu voltava. Isso foi até 2017, quando ele me chamou para morar com ele. Eu não larguei meu emprego, mas fui com a esperança de um momento diferente. E foi assim, Um ano maravilhoso. Viajamos, curtimos, Ronaldo estava mais sossegado“, contou a mineira.

Após um acordo, ela chegou a viver em um trisal: morou na mesma casa com Ronaldinho e outra mulher, também noiva dele.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias