Bahia trocará bandeirinhas da Fonte Nova em campanha contra homofobia

O Tricolor baiano lançou um manifesto neste sábado em que alerta para os danos causados pelo crime de intolerância e pede um basta

atualizado 14/09/2019 14:36

Reprodução/Twitter

O Bahia decidiu reforçar o combate à homofobia no futebol e neste sábado (14/09/2019) lançou a campanha “#LevanteBandeira”. “Não toleramos homofobia nem dentro nem fora dos estádios” é um dos alertas feito pelo clube em um vídeo publicado nas redes sociais.

A ação do Bahia não se limitará às redes sociais. O Tricolor anunciou também que as bandeirinhas de escanteio da Arena Fonte Nova serão trocadas por outras “simbólicas” na partida deste domingo, às 16h, diante do Fortaleza, em duelo pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Bahia também emitiu uma nota de manifesto no qual alerta para os danos causados pelo crime de homofobia. “A homofobia mata, oprime, deprime e provoca muitas feridas. Talvez essa realidade explique o afastamento das pessoas LGBTQI do ambiente do futebol. O Bahia veste três cores, mas está ao lado de todas as outras. Respeitamos as regras, mas ignoramos as linhas, os limites… É preciso dar um passo à frente, evoluir e conviver em sinergia”, cobra o time baiano.

Vídeos
Últimas notícias