Athletico-PR elimina o Flamengo e está na semifinal da Copa do Brasil

Assim como ocorreu em Curitiba, a partida no Rio terminou empatada por 1 x 1 e a classificação só foi definida nos pênaltis

Alexandre Vidal/FlamengoAlexandre Vidal/Flamengo

atualizado 18/07/2019 9:16

A torcida do Flamengo preparou uma festa para a noite dessa quarta-feira (17/07/2019) — mais de 64 mil pessoas pagaram ingressos –, mas em campo os jogadores sabiam que o duelo diante do Athletico-PR, válido pelas quartas de final da Copa do Brasil, passaria longe de um ambiente tranquilo. Após o 1 x 1 no jogo de ida em Curitiba, os rubro-negros voltaram a fazer um confronto equilibrado no Estádio Maracanã, com alternâncias de domínio, e um novo 1 x 1 persistiu no placar. A decisão, então, foi para os pênaltis e o Furacão levou a melhor.

Nas cobranças de pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Santos. Ele pegou o primeiro chute a gol cobrado por Diego, viu Vitinho desperdiçar a segunda batida e ainda evitou o gol de Everton Ribeiro. Do outro lado, Diego Alves só foi buscar a cobrança de Bruno Nazário.

O gol flamenguista saiu aos 17 minutos do segundo tempo. Vitinho, que até então estava apagado na partida, fez uma excelente jogada pela ponta esquerda, deixou o lateral no chão e cruzou na área. A bola achou a cabeça de Everton Ribeiro, que escorou para o artilheiro Gabriel balançar a rede. Foi o 18º gol dele em 29 partidas pelo Flamengo.

Já o Athletico-PR chegou ao gol aos 31 minutos do segundo tempo. Rony recebeu passe em muita velocidade, carregou a bola e, dentro da área, deu um toque para o fundo da rede. O goleiro Diego Alves ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o empate.

Equivalentes na técnica, Flamengo e Athletico-PR se igualaram também no nervosismo. Só na primeira etapa, quatro jogadores receberam cartão amarelo (Rony, Léo Pereira, Gabriel e Renê). A segunda etapa foi menos tensa, mas com a mesma intensidade. Só um lance fora do comum decidiria o jogo e foi o que aconteceu aos 17 minutos. Só que o Furacão não se entregou. Aos 31, novo lance individual balançou a rede. Rony ganhou na velocidade e deixou tudo igual.

Arrascaeta durou pouco
Autor de três gols e duas assistências no último domingo (14/07/2019), na vitória do Flamengo por 6 x 1 sobre o Goiás pelo Campeonato Brasileiro, o uruguaio Arrascaeta só durou 12 minutos nessa quarta (17/07/2019). Ele sentiu um problema muscular e foi substituído por Vitinho logo no início. Ainda sem cair nas graças da torcida, coube ao atacante fazer uma jogada diferente do que a partida previa para iniciar o gol do Flamengo.

Vitinho e o time carioca só não contavam com a velocidade imponderável de Rony. Ele ganhou na velocidade de toda a defesa do Flamengo e empatou o jogo.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo (21/07/2019), quando vai até São Paulo enfrentar o Corinthians, às 16h, no Itaquerão, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Athletico-PR joga um dia antes, quando visita o CSA, em Alagoas, a partir das 19h.

Últimas notícias