Amigo diz que Maradona estava cansado de viver e queria se juntar aos pais

Stefano Ceci, amigo pessoal do ex-craque, disse que o ex-jogador já vinha muito cansado e deprimido antes mesmo de morrer

atualizado 08/12/2020 12:33

Maradona como técnicoMarcos Brindicci/Getty Images

No último dia 25, o mundo se despediu de Diego Maradona. O ex-craque teve uma parada cardiorrespiratória na Argentina e faleceu, aos 60 anos. Amigo pessoal de El Pibe, o italiano Stafeno Ceci relatou últimas conversas com o argentino e revelou que Maradona estava cansando e deprimido nos últimos meses.

“Uma coisa posso dizer com certeza. Diego se deixou ir. Faz muito tempo que estava cansado de viver, estava deprimido. A quarentena e todas as restrições da pandemia lhe deram o golpe final. Pode ter havido erros, negligências, mas ele me dizia, ao menos, há um ano: ‘Tanito, estou cansado, vou com meu pai e minha mãe. Me falta pouco’, conta.

Ceci é uma das poucas pessoas em que o ex-jogador realmente confiava. O italiano era amigo pessoal de Maradona e parceiro de negócios há mais de 20 anos. Segundo ele, o craque confidenciava que estava cansado e deprimido.

Ainda segundo ele, a situação piorou após pandemia do novo coronavírus. Maradona foi enterrado na Casa Rosada e deixou uma legião de fãs ao redor do mundo.

Vídeos
Últimas notícias