Universo/Brasília representará a capital no Torneio InterLigas

Time brasiliense jogará a primeira fase na cidade argentina de Corrientes, entre os dias 6 e 8 de setembro

Felipe Mendez/Universo/BrasíliaFelipe Mendez/Universo/Brasília

atualizado 09/08/2019 21:12

O Universo/Brasília terá uma preparação de luxo para a 12ª edição do Novo Basquete Brasil (NBB). A equipe da capital federal será uma das representantes do Brasil a disputar o Torneio InterLigas, competição com caráter amistoso organizado pela Liga Nacional de Basquete, responsável pelo NBB, e a Associación de Clubes, entidade que realiza a La Liga, o campeonato argentino de basquete. Na primeira fase, o time brasiliense viaja até a cidade argentina de Corrientes, onde enfrenta o Regatas Corrientes, dono da casa, e o Comunicaciones, também da Argentina. O outro time brasileiro que fará parte do mesmo grupo, disputado entre os dias 6 e 8 de setembro, ainda será definido.

Ao todo, oito agremiações estarão na disputa, quatro do Brasil e quatro da Argentina. A ideia das entidades com o retorno da competição, disputada entre os anos de 2010 e 2012, é dar mais bagagem internacional aos clubes do NBB e de La Liga. Os critérios de classificação levam em conta as equipes que não estarão na disputa nem da Champions League da FIBA (a antiga Liga das Américas), e nem da Liga Sul-Americana. Nas três edições anteriores, apenas times da Argentina levantaram o troféu do InterLigas.

“Estamos retomando os treinamentos nesta semana, depois de os atletas terem passado por um período de testes e avaliações. Será uma competição bem interessante, principalmente no sentido de termos jogos de bom nível visando a preparação da equipe pro NBB e, claro, de buscar bons resultados e títulos”, destacou o técnico André Germano.

O comandante do time candango também já começou a mapear os rivais. Na visão do treinador, o Universo/Brasília precisará manter um nível alto de intensidade nas partidas, especialmente diante dos argentinos, para conquistar uma vaga na fase final da competição.

“São equipes que têm um modelo de jogo bem interessante. Vamos ter que jogar com bastante intensidade e inteligência de jogo. Vão ser dois jogos muito importantes na preparação da equipe porque são times que jogam muito parecido com alguns times do NBB”, frisou.

Brasiliense mordido
Em 2010, o extinto UniCEUB/BRB/Brasília alcançou a final da primeira edição do InterLigas, mas foi derrotado na decisão pelo Peñarol de Mar del Plata. O ala Arthur, nascido em Brasília, ressalta a importância da cidade ser representada internacionalmente de novo, algo que não acontecia desde 2016.

“Já estava com saudade de jogar um torneio internacional por Brasília. É sempre bom representar a cidade em competições no exterior e desta vez não vai ser diferente. Começamos os treinamentos um mês antes do que aconteceu na temporada passada, então estamos no caminho certo. Faremos o melhor para termos boas apresentações em Corrientes”, garantiu.

Últimas notícias