São Paulo aguarda definição sobre GP do Brasil de F-1 até novembro

A Prefeitura da cidade afirmou que tem mantido conversas com a categoria para renovar contrato e vencer a concorrência com o Rio

Clive Mason/Getty ImagesClive Mason/Getty Images

atualizado 02/08/2019 19:09

A Prefeitura de São Paulo tem o mês de novembro como data limite para a definição se o Autódromo de Interlagos continuará ou não como sede do GP do Brasil de Fórmula 1. Com acordo previsto para a cidade receber a prova até 2020, a meta das autoridades locais é conseguir renovar a parceria por mais dez anos e vencer a concorrência com o Rio de Janeiro. A capital fluminense pretende sediar a prova em um autódromo a ser construído no bairro de Deodoro.

A Prefeitura de São Paulo afirmou que tem mantido conversas com a Fórmula 1 para renovar contrato. “O prazo dado para término das negociações é o final de novembro deste ano”, diz a nota da Prefeitura. A data limite, segundo a prefeitura, foi apresentada pelo promotor do GP do Brasil, Tamas Rohonyi, responsável por organizar a prova em Interlagos.

O mês de novembro coincide com um outro prazo. Os responsáveis pelo projeto do autódromo carioca assinaram semanas atrás com a Fórmula 1 a exclusividade nas negociações pelo GP do Brasil. Essa condição vai justamente até novembro. Pelo acordo selado entre as partes, pelos próximos meses o comando da categoria terá conversas sobre o futuro do GP apenas com a candidatura carioca.

Segundo o promotor do GP do Brasil, São Paulo está perto de ser mantida como sede do GP do Brasil após uma reunião em junho entre o chefe da categoria, Chase Carey, e o governador de São Paulo, João Doria, ter sido importante para se avançar rumo a um desfecho. “Ficou acordado entre o senhor Chase Carey e o governador de São Paulo, João Doria, no dia 25 de junho, no Palácio do Governo, a extensão do contrato até 2030 e as negociações estão em curso”, disse Rohoyni à reportagem.

Rio de Janeiro
O diretor executivo da holding Rio Motorsports, JR Pereira, afirmou que o Rio de Janeiro é quem está mais próximo de ser confirmado como sede do GP do Brasil. “Nós já acertamos valores (com a Fórmula 1). Não tem negociação. Eu estou acertando os detalhes do contrato. Quando tenho de pagar de taxa, quais as minhas propriedades, quais as contrapartidas… O martelo já está batido”, disse.

Mesmo com o impasse, o GP do Brasil de Fórmula 1 está garantido em Interlagos pelos dois próximos anos. A corrida desta temporada será em 17 de novembro. Do calendário atual da categoria, três provas ainda não estão confirmadas para o campeonato de 2020: Espanha, Alemanha e México.

Classificação

PosTimePÚltimos
jogos
1Flamengo90
W W W W L
2Santos74
W L W L W
3Palmeiras74
L L L W W
4Grêmio65
W L W W L
5Athletico-PR64
W W D W D
6São Paulo63
D W L W W
7Corinthians56
L W L W L
8Internacional55
D L W L D
9Fortaleza53
D W W D W
10Goiás52
W W L L W
11Atlético-MG49
L D W W D
12Bahia49
L D W D L
13Vasco49
D L W D D
14Fluminense46
W W D D W
15Botafogo43
W W L L D
16Ceará39
D L D L D
17Cruzeiro36
L L L L L
18CSA32
L W L L L
19Chapecoense32
W L L W D
20Avaí20
L L D L D
Últimas notícias