*
 

Tiago Leifert comandou a atração de dentro da casa do Big Brother Brasil 17 nesta terça-feira (11/4). No entanto, um detalhe chamou atenção na fala do apresentador em relação à Emilly: “Você foi a inspiração para que tivéssemos gêmeos no programa”. No entanto, a afirmação foi contestada por alguns usuários da internet. Isso porque outra dupla de gêmeas deveriam ter ocupado o lugar na casa.

Livia e Julia foram as primeiras escolhidas para entrarem na atração. As duas chegaram a aparecer nas chamadas dos programas, nas quais os rostos dos participantes eram divididos em três partes. Em uma entrevista ao site Bastidores da TV, em janeiro, elas explicaram o motivo de não estarem na casa.

Reprodução

“Eu e minha irmã fomos convidadas a participar da seleção do BBB17 pelo olheiro virtual. Topamos! Quem não, né?! (risos) Isso foi em setembro mais ou menos. No início não levamos muito a sério, não achamos que ia rolar. MESMO! Somos atrizes e trabalhamos com isso desde pequenas. Ganhamos a vida com isso. Em paralelo, fomos convidadas a fazer o teste do comercial do Burger King, em dezembro (e ainda estávamos na seleção). Passamos no teste da Burger King e em janeiro gravamos o comercial, que poderia ir ao ar a qualquer momento, campanha nacional e tal. No dia 17 de janeiro, a produção do BBB foi na nossa casa, gravar nosso cotidiano e no final do dia eles disseram que fomos selecionadas e que deveríamos arrumar nossas malas imediatamente”, explicou Livia.

Ao chegarem ao hotel, elas ficaram sabendo que a vaga delas não estava garantida e que haveria uma competição, como ocorreu com Emilly e Mayla. “Quando estávamos indo dormir, chegou a advogada pra ler o contrato com a gente. Então, falamos sobre o comercial. Ela falou que não era um problema, que tentaria resolver. No dia seguinte, de manhã, uma pessoa da produção vai no quarto tentar conseguir com a gente o contrato do comercial do BK. A gente não tinha acesso”, contou.

Depois de um tempo sem notícias, a bomba veio no fim do dia. “De noite, chegou outra advogada com a rescisão do contrato que tínhamos assinado anteriormente com o BBB, dizendo que tínhamos sido desclassificadas porque o comercial tinha ido ao ar, eles não podiam fazer mais nada, pois nossa imagem já estava associada a outra marca, e isso não seria interessante pra eles”, contou.

Logo em seguida, o programa chamou as gêmeas Emilly e Mayla, o que faz com que a afirmação de Tiago Leifert seja contestada, já que as duas eram apenas as “estepes” da atração.