Horário Eleitoral de 2020 tem audiência próxima aos principais telejornais

Com exceção da Globo, o noticiário da Record e do SBT empataram ou perderam para a propaganda política

atualizado 16/10/2020 15:57

Gui Prímola/Metrópoles

As eleições municipais de 2020 ocorrerão em 15 de novembro e, como é de praxe, o Horário Eleitoral já está sendo transmitido nas emissoras de todo o país, visando divulgar planos de governo e apresentar os candidatos ao público. Neste ano, a programação chama atenção por bater pontos de audiência próximos ou maiores que os principais telejornais de algumas emissoras.

Segundo dados divulgados pelo site Notícias da TV, referentes a audiência da Grande São Paulo, o Horário Eleitoral da principal capital brasileira ultrapassou as marcas do SBT Brasil, principal telejornal da emissora. A propaganda política teve início no último dia 9 de outubro.

Já na Record, a programação também disputou com os programas de notícia da emissora, mas não conseguiu ultrapassar o reality show A Fazenda 12, que vem quebrando recordes de visualização em todo o Brasil.

0

Na última quarta-feira (14/10), por exemplo, o Horário Eleitoral bateu 6,4 pontos no SBT, ultrapassando o SBT Brasil (6,3), o Triturando (4,5), o Casos de Família (5,3) e o programa The Noite (4,5). Na mesma data, a programação eleitoral bateu 7 pontos na Record, passando o Fala Brasil (3,8) e se aproximando do Cidade Alerta (7,9).

Já nessa quinta-feira (15/10), a Record marcou 7,8 na programação eleitoral, ultrapassando o Fala Brasil (4,3) e o JR 24H (7,6). No SBT, a propaganda política ficou em 6,3, empatando com o SBT Brasil e ultrapassando os programas convencionais da emissora.

Ao contrário das outras emissoras, o Horário Eleitoral variou entre 22,1 e 27,3 na Globo, entre os dias 9 e 15 de outubro. A programação, porém, não ultrapassou o Jornal Nacional, principal meio de notícias da emissora, que avança os 30 pontos de audiência em cada transmissão.

Últimas notícias