Éramos Seis: coronavírus altera final de Lola e Afonso

TV Globo opta pela preservação dos atores em meio à pandemia da doença

Éramos SeisReprodução/TV Globo

atualizado 16/03/2020 12:41

Apesar de estar acontecendo em pleno 2020, o coronavírus vai influenciar até mesmo os anos 1930. Afinal, Éramos Seis terá um de seus finais mais aguardados alterado por causa da pandemia viral que colocou o mundo de joelhos. O casamento de Lola (Gloria Pires) e Afonso (Cássio Gabus Mendes) sofrerá mudanças para que os atores e a equipe técnica sejam protegidos nos últimos capítulos da novela.

A sequência do enlace dos dois personagens vai sofrer adaptações para ser gravada nesta quarta-feira (18/03/2020), nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro. Para isso, não só o tempo de gravação será bastante reduzido, como a equipe presente será a mais enxuta possível. Tudo para evitar uma temida aglomeração de pessoas no set.

O final feliz de Lola

Assim, diferentemente das outras versões de Éramos Seis, a da Rede Globo proporcionará um final feliz a Lola. A personagem de Gloria Pires não ficará sozinha. Alvo da paixão de Afonso, a matriarca da família Lemos se tornará mulher do comerciante após passar alguns dias em um asilo.

Todos os cuidados estão sendo tomados com os atores da emissora. Intérprete de Emília em Éramos Seis, Susana Vieira já teve seu final exibido, inclusive. Outros artistas, como Virgínia Rosa (Durvalina), Kelzy Ecard (Genu), Kiko Mascarenhas (Virgulino), Werner Schünemann (Assad), Camila Amado (Candoca), Denise Weinberg (Maria) e Stepan Nercessian (Gusmões), todos acima dos 55 anos, também são alvo de atenção.

Últimas notícias