Éramos Seis: Clotilde e Almeida dão “jeitinho” e se casam

Para contornar o impedimento das leis brasileiras, eles se unem no Uruguai

atualizado 05/03/2020 10:46

Raquel Cunha/TV Globo/Divulgação

Para aqueles que torcem para a felicidade de Almeida (Ricardo Pereira) e Clotilde (Simone Spoladore) em Éramos Seis, uma ótima notícia: os dois vão conseguir se casar. Porém, não no Brasil. Como as leis do país nos anos 1930 não permitiam o casamento de pessoas divorciadas, os dois realizarão o sonho de se tornarem marido e mulher no Uruguai.

Juntos, apaixonados e enfrentando a ira dos vizinhos – que os agridem por serem um casal fora dos padrões da sociedade da época –, Almeida e Clotilde são abençoados por padre Venâncio (Othon Bastos). Afinal, o religioso os visita e é contagiado pelo clima de felicidade e amor que envolve os dois, que tiveram até mesmo um filho: Chiquinho.

Uruguai, a solução

Porém, uma grande esperança surge quando Clotilde se encontra com sua sobrinha, Isabel (Giullia Buscacio), e esta lhe faz uma revelação surpreendente. Segundo seu namorado, Felício (Paulo Rocha), que é advogado e está tentando obter a separação de Zulmira (Luciana Braga), o Uruguai permite o casamento de pessoas divorciadas. Então, sugere que a tia fale com ele para que seja ajudada em relação à papelada.

0

Solícito, Felício resolve auxiliar Almeida e Clotilde com todos os trâmites para que eles se tornem marido e mulher perante a Lei. Assim, o casal se prepara para ir ao Uruguai e ter um final feliz.

As cenas de Éramos Seis estão previstas para serem exibidas a partir de quarta-feira (04/03).

Últimas notícias