Éramos Seis chega ao capítulo 100 e promete grandes emoções

A obra já havia ganhado três versões, exibe nesta sexta-feira (24/01/2020) uma sequência gravada há um mês

Globo/DivulgaçãoGlobo/Divulgação

atualizado 23/01/2020 20:08

A novela Éramos Seis chega ao capitulo 100, nesta sexta-feira (24/01/2020), após passar por altos e baixos de audiência. Sua média ficou em pouco mais de 20 pontos, mas a novela das 18h passou por dificuldades pouco até o capitulo 50. Antes da morte de Julio, a produção chegou a ficar com a média de 17 pontos, o que é baixo para o folhetim – dono de média de 20 pontos no Ibope.

A obra já havia ganhado três versões em duas emissoras: na extinta TV Tupi, em 1967 e 1977, e no SBT, em 1994. E agora foi refeita pela Globo escrita por Angela Chaves, baseada na novela original escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, livremente inspirada no livro de Maria José Dupré. O ator Eduardo Sterblitch, que dá vida a Zeca, comentou sobre a trama do episódio, onde seu personagem é lançado de um canhão de circo.

“Gravamos essa sequência há pouco mais de um mês. Não usei dublê, mas também não fui lançado por um canhão. Houve um salto, houve a queda na rede, tudo. Só não houve o canhão, não teve perigo de vida. Cheguei a me ralar, mas deu tudo certo”, comenta Eduardo Sterblitch sobre a sequência especial. “Foi interessante gravar as cenas do circo, pois meu primeiro contato com a arte foi a vontade de ser palhaço. As primeiras encenações que fiz foram imitando os palhaços que conhecia, que trabalhavam nos eventos que minha mãe fazia pra crianças, quando eu mesmo era criança. Eu sou muito fã dos palhaços desde o cinema antigo, aqueles que quebravam quase o corpo inteiro para fazer as cenas. Eu gosto muito desse tipo de humor, da cascata. Gosto de entregar essa graça física”, complementa.

Confira o resumo do 100º capítulo:

Zeca (Eduardo Sterblitch) já não suporta mais ficar desempregado. Além da cobrança de Olga (Maria Eduarda de Carvalho), ele também se sente mal por não conseguir atender as necessidades dos filhos, como o desejo de Tavinho (André Cidade) de ir ao circo que chegou em Itapetininga. Mas se quem espera sempre alcança, Zeca é a prova viva disso. Quando vê Sinval (Gillray Coutinho), o dono do Circo Vintém, comentar que está sem o homem-bala, pois este se machucou, e que pagaria para alguém que tivesse a coragem de realizar o feito, Zeca não pensa duas vezes e se oferece para a brava missão.

Além de ganhar o dinheiro oferecido por Sinval, Zeca ainda estimula o povo de Itapetininga a apostar se ele terá ou não coragem de ir até o fim. O único detalhe que deixou de lado foi avisar à família. Quando chegam ao circo — com ingressos que conseguiram ajudando a subir a tenda — Olga, Candoca (Camilla Amado), Dona Maria (Denise Weimberg), Tavinho, Emily (Duda Batista), Emiliana (Marjorie Queiroz); e até mesmo Justina (Julia Stockler) e Adelaide (Joana de Verona) ficam atônitos ao vê-lo já dentro do canhão.

Enquanto isso, em São Paulo, Lola (Gloria Pires) e Afonso (Cássio Gabus Mendes) estão animados para revelar aos filhos sobre seu namoro. A seu pedido, ela fez um bolo de maçã para Inês (Carol Macedo), que está aniversariando. Todos reunidos para a celebração, Afonso vai começar a falar para contar a novidade, mas é interrompido por Shirley (Barbara Reis), que reaparece, surpreendendo todos.

Últimas notícias