*
 

Uma reportagem sobre a luta contra uma anemia falciforme emocionou a apresentadora Carla Vilhena, que substituiu Renata Vasconcellos na bancada do Jornal Nacional neste sábado (22/4). A história de Giovana, curada da doença graças à doação de medula óssea pelo irmão, foi a última a ser exibida no programa.

Quando as câmeras voltaram para a bancada, Carla estava visivelmente abalada e mandou uma mensagem à menina. “Saúde, Gigi, agora para o resto da vida. Estou emocionada”, disse, com os olhos marejados. Caso a menina não recebesse a doação, a doença, que afeta a circulação, poderia levá-la à morte.

Ao se levantar da bancada, Carla Vilhena foi confortada por Heraldo Pereira, com quem dividia a apresentação.

Veja o vídeo:

A história de Gigi
O Jornal Nacional acompanhou a história da menina durante dois anos. Os pais de Giovana, Juliana e Hugo, fizeram uma fertilização com técnica de seleção de embriões. O segundo filho do casal, Matheus, chegou para salvar a irmã. Em março de 2017, Gigi começou a receber o sangue do irmão e a fazer sessões de quimioterapia, até que, em abril, comemorou a cura.

 

 

COMENTE

Jornal nacionalcarla vilhena
comunicar erro à redação

Leia mais: Televisão