Zé Regino celebra 27 anos do grupo de teatro Celeiro das Antas

O coletivo, um dos mais importantes da capital, comemora o aniversário com mostra que se prolonga até dezembro e traz vários espetáculos

Diego Bresani / DivulgaçãoDiego Bresani / Divulgação

atualizado 30/10/2019 19:40

Não importa a idade. A mostra que celebra os 27 anos do grupo de teatro Celeiro das Antas traz um repertório de espetáculos que agrada desde bebês até aos mais experientes. A partir de 31/10, seguindo até o começo de dezembro, serão várias peças em diferentes locais do Distrito Federal de forma a revisitar a história de um dos mais importantes grupos de artes da capital federal.

A programação começa com os trabalhos Panapaña e Domingo Sem Chuva, sempre sob a direção do mestre Zé Regino, uma referência máxima da palhaçaria e do teatro brasiliense. Enquanto Panapaña dialoga com os recém-nascidos, Domingo Sem Chuva mergulha no universo da terceira idade.

“Essa nova montagem surgiu do anseio de retratar as relações humanas com olhar poético e cômico. Após anos de pesquisa em abrigos de idosos, surge a peça que transita por várias épocas e conta a história de quatro amigos e sua duradora relação”, antecipa Kelly Costty, uma das integrantes do Celeiro. O coletivo conta ainda com Felix Saab, Elisa Carneiro e Rodrigo Lelis, além do próprio Zé Regino.

Se eu pudesse resumir a mostra, diria que se trata de uma programação engraçada, envolvente e emocionante!

Kelly Costty, atriz

Ocupando as cidades da Vila Planalto, Vila Telebrasília, Núcleo Bandeirante e Plano Piloto, a mostra investe na formação da plateia de teatro e conta com entrada franca em quase todas as apresentações. Apenas nas sessões no Sesc Garagem (913 Sul), o ingresso custará R$20 (meia-entrada). Elisa Carneiro, diretora artística e atriz do grupo, lembra ainda que, além dos espetáculos, o público terá a chance de conferir uma exposição de fotos que perfaz a trajetória de quase três décadas da trupe.

Com coordenação geral de Guylherme Almeida e patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) e do BRB, a mostra é dos melhores caminhos pra compreender o que tornam o Celeiro e o diretor Zé Regino pilares do teatro físico, da palhaçaria e da dramaturgia nacional.

PROGRAME-SE

De 31 de outubro a 03 de novembro / Vila Planalto
Panapaña – Teatro para bebês. Sábado, às 16h; domingo, às 11h e às 16h.
Domingo Sem Chuva – Quinta a domingo, sempre às 20h.
Entrada franca no galpão do Instrumento de Ver

De 7 a 10 de novembro / Sesc Garagem (913 Sul)
Panapaña – Teatro para bebês. Quinta e sexta, às 10h; sábado e domingo, às 11h.
A História do Balão Vermelho – Quinta e sexta, às 15h; sábado e domingo, às 16h.
Domingo Sem Chuva – Quinta a domingo, às 20h.
Ingressos a R$20 (meia-entrada)

De 15 a 17 de novembro / Vila Telebrasília
Panapaña – Teatro para bebês. Sábado, às 16h; domingo, às 11h e às 16h.
Domingo Sem Chuva – Sexta a domingo, às 20h.
Entrada franca no Espaço Pé Direito.

De 5 a 7 de dezembro / Núcleo Bandeirante
Panapaña – Teatro para bebês. Sábado, às 16h; domingo, às 11h e às 16h.
Domingo Sem Chuva – Sexta a domingo, às 20h.
Entrada franca em local a definir.

Últimas notícias