Sérgio Hondjakoff, o Cabeção de Malhação, era mantido em cárcere em clínica

De acordo com a Polícia Civil, Hondjakoff estava entre os 46 pacientes de uma clínica de reabilitação do uso de drogas; o ator nega

atualizado 05/08/2021 16:49

Sérgio Hondjakoff, o Cabeção de MalhaçãoReprodução

O ator Sérgio Hondjakoff, 36 anos, que fez o personagem Cabeção na novela Malhação, da Rede Globo, estava, segundo a Polícia Civil, entre os internos que eram mantidos em cárcere privado numa clínica em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. O local foi fechado em uma ação do Ministério Público na quarta-feira (4/8).

Lá, 46 pacientes em tratamento para reabilitação do uso de drogas estavam trancados em quartos, sem acesso às chaves. Dois funcionários foram presos.

Segundo o G1, os internos disseram que as ligações telefônicas com os familiares eram controladas e monitoradas pelos donos do local e que tiveram de pagar uma taxa à clínica para serem vacinados contra a Covid-19.

0

Embora afirme que o nome de Sérgio não consta na lista de pessoas internadas na clínica, o G1 confirmou que o nome do ator aparece no boletim registrado sobre o caso na Polícia Civil. Ainda segundo o documento, ao qual a reportagem teve acesso, o ator teria ido até a delegacia após a operação conjunta entre MP e Polícia Civil.

Após a ação do MP, os internos passaram por entrevistas com assistentes sociais. Alguns deles foram levados para outras clínicas de reabilitação ou clínicas psiquiátricas. A polícia informou que os donos do local vão responder por sequestro.

Em um vídeo, Sérgio Hondjakoff negou que estivesse em cárcere privado e afirmou estar em Resende, no sul do estado do Rio de Janeiro.

“Oi, pessoal. Boa tarde. Vim desmentir mais um boato que saiu na internet dizendo que eu estaria internado em uma clínica, em cárcere privado. Estou em Resende com a minha mãe. Estou curtindo essas férias de inverno”, disse.

Últimas notícias