Maiara & Maraisa sobe o tom da sofrência em DVD Reflexo

Gravado ao vivo no Espaço das Américas, em São Paulo, o álbum conta com 14 faixas

DigulgaçãoDigulgação

atualizado 19/12/2018 19:14

Desde a estreia para o grande público, em 2015, com o hit 10%, a dupla Maiara & Maraisa mostra ter tino para interpretar canções com alto teor de sofrência. Três anos depois, as irmãs preferem não “mexer em time vencedor” e deixam as letras que retratam histórias de amor malsucedidas dominarem o repertório do novo DVD, Reflexo, lançado no último dia 30 de novembro.

As semelhanças com Maiara & Maraisa ao Vivo em Goiânia, porém, acabam nos temas das composições. Reflexo se afasta do universitário arrastado do primeiro lançamento e apresenta sonoridade sólida e arranjos mais maduros. Gravado ao vivo no Espaço das Américas, em São Paulo, o álbum possui 14 faixas inéditas.

Divulgação
Álbum foi gravado em outubro deste ano, no Espaço das Américas, em São Paulo

 

Participações
Maiara e Maraisa contam com parcerias de peso em Reflexo. Já na música de abertura, Traí Sim, as cantoras dividem os vocais com Zé Neto & Cristiano – donos do videoclipe brasileiro mais acessado do YouTube em 2018. A canção dançante traduz bem o que é o sertanejo contemporâneo, com a melodia impregnada de influências do pop e do arrocha.

Na sequência, em Eu Bebo um Litro e Choro Três, com Jorge & Mateus, as gêmeas apostam em uma sanfona ainda mais marcada, escolha perfeita para aproximar a música das raízes dos modões tradicionais. O refrão chiclete é outro ponto forte que transforma a composição em um dos destaques do DVD: “Ainda não superei/ Eu bebo um litro e choro três/ Mas eu esqueço de você/ Nem que eu beba num dia/ O que era pra beber num mês”.

A Pergunta, terceira faixa do disco, parece uma resposta à canção anterior: “Alguém bebeu tentando me esquecer/ Mas deu errado/ Aí o coração reconheceu a voz/ De quem tá calado”. Com participação de Henrique & Juliano, o som segue o tom romântico de todo o álbum.

Um dos nomes mais comentados da cena sertaneja em 2018, o votuporanguense Gustavo Mioto também deus as caras na gravação do DVD. A presença do cantor é tão forte que Meu, Dele, Nosso perde um pouco a identidade de Maiara & Maraisa e ganha uma sonoridade mesclada com forró, união característica de Mioto.

 

Um hit atrás do outro
Apesar do gabarito dos convidados, as representantes do feminejo não precisam se escorar em outros nomes para emplacar sucessos. Prova disso é que as melhores músicas de Reflexo contam apenas com o afinadíssimo dueto feminino, como Tchau, Nem Tchum, Ai Que Vontade, Separada, Ligação de Emergência e Falsa Tentação.

Contudo, o grande hino do disco é Coração Infectado. A música foi lançada nas mídias digitais da dupla em agosto deste ano e caiu no gosto popular. A estratégia de dar um gostinho aos fãs do que estava por vir deu certo e, após uma semana de lançamento, a canção já ocupava o topo do ranking Billboard Brasil Hot 100. A faixa também figura entre as mais executadas nas rádios e ultrapassou os 14 milhões de visualizações no YouTube.

Taca álcool nesse coração infectado/ Tô de fogo e, pra piorar, apaixonado/ A cada porre, invento um amor pra tapar o buraco/ Vai faltar copo e cama pra consertar o estrago

Maira & Maraisa

2018 foi um ano intenso para as irmãs. Além de Reflexo, as cantoras também lançaram, ao lado de Marília Mendonça, o projeto Agora é Que São Elas 2, e o EP Deezer Sessions, no qual fazem uma homenagem à famosa intérprete da MPB Elis Regina.

Avaliação: Ótimo

Últimas notícias