Dupla suspeita de furtar apartamento do cantor Matuê é presa

Os homens são acusados de levar joias e uma quantia de R$ 10,8 mil que estavam no imóvel

atualizado 28/10/2021 18:54

Divulgação

Dois homens suspeitos de invadir o apartamento de luxo, em Fortaleza, do cantor de trap Matuê, foram presos pela Polícia Civil (PC-CE). A prisão aconteceu um dia após o furto de joias e da quantia de R$ 10,8 mil que estavam no imóvel. Os objetos furtados foram devolvidos ao artista.

Antônio Gilmauro Batista Ramalho, de 31 anos, e Gean Soares de Oliveira, 24, que já respondiam por furto qualificado, foram detidos na barreira da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Canindé quando retornavam para Novo Oriente (CE), cidade onde residiam.

0

De acordo com a Polícia Civil do Ceará, os homens alugaram um apartamento no mesmo prédio do artista e acompanharam a movimentação dele por dois meses, já planejando a ação. Seis pessoas participaram do crime, dois sendo atuantes como fornecedores de dados privilegiados e de facilitação para a entrada no condomínio.

De acordo com as investigações, os criminosos acompanhavam as publicações do trapper com joias e dinheiro para planejar o furto. A polícia informou ainda que, a partir de imagens do circuito interno de câmeras, foi possível identificar Gilmauro dirigindo o carro utilizado na ação criminosa e Gean entrando no apartamento da vítima na companhia de outro suspeito já identificado pelas autoridades.

Carreira musical

Matuê nasceu em Fortaleza, em outubro de 1993, mas foi criado em Oakland, na Califórnia. Ele lançou seu primeiro disco no dia 10 de setembro de 2020 e conseguiu quebrar o recorde de melhor estreia de álbum no Spotify Brasil. Todas as sete faixas musicais entraram no Top 15 da parada das mais ouvidas da plataforma.

O álbum de maior sucesso do artista é Máquina do Tempo atingiu 4,7 milhões de reproduções em 24 horas. Já a canção que dá nome ao álbum chegou ao primeiro lugar do ranking, com 897 mil plays.

Mais lidas
Últimas notícias