*
 

Santoro: O Homem e Sua Música, documentário sobre o compositor amazonense (1919-1989), estreia nos cinemas nesta quinta (8/3). Dirigido pelo inglês radicado no Brasil John Howard Szerman, o filme constrói um perfil artístico e político do maestro, fundador da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, espaço que leva o nome do artista desde 1989.

Indicado ao Candango no 48º Festival de Brasília, Santoro reúne entrevistas de familiares, amigos e especialistas. Além dos depoimentos, apresentações musicais formam a narrativa. O longa venceu o Troféu Câmara Legislativa, prêmio da Mostra Brasília, nas categorias de melhor filme, direção e trilha sonora. Alessandro Santoro, pianista e filho do maestro, cuidou da direção musical do documentário.

Santoro compôs mais de 600 obras, entre trabalhos sinfônicos e eletroacústicos. Filiado ao Partido Comunista Brasileiro, o amazonense exilou-se na Alemanha durante a ditadura militar, nos anos 1970, e retornou ao país em 1977, para trabalhar na UnB.