*
 

Curtas sobre personagens e espaços marcantes da capital marcam a próxima sessão do projeto Brasília em Plano Aberto, realizado mensalmente no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Comemorando o aniversário da cidade, a seleção reúne os filmes Cine Drive-in, Cinema Sob o Céu, A Saga das Candangas Invisíveis, Afonso é uma Brazza e Braxília. A exibição tem entrada franca mediante retirada de ingresso na bilheteria.

Dois dos curtas partem de personagens icônicos para propor reflexões sobre a cidade. Afonso É uma Brazza, dirigido pela dupla Naji Sidki e James Gama, traça um perfil do cineasta-bombeiro Afonso Brazza, autor de filmes de ação independentes e caseiros nos anos 1980 e 1990. Braxília, de Danyella Proença, carrega já no título a poesia de Nicolas Behr, autor que ressignifica a capital por meio de versos criativos e instigantes.

Mais dois filmes distintos completam a nona sessão da mostra. Cine Drive-in, Cinema Sob o Céu, de Cláudio Moraes, narra os altos e baixos do único cinema ao ar livre em funcionamento da América Latina. Em A Saga das Candangas Invisíveis, a cineasta Denise Caputo conta histórias de prostitutas que vieram morar em Brasília na época da construção da nova capital.

Brasília em Plano Aberto
Quarta (4/4), às 19h30, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Entrada franca. Retirada de ingressos uma hora antes do início da sessão. Não recomendado para menores de 16 anos