Curta de diretor brasiliense discute atos de corrupção no Brasil

Crime Hediondo, estrelado por André Amaro e Alexandra Medeiros, será disponibilizado no YouTube

atualizado 20/11/2019 18:03

YouTube/Reprodução

A corrupção no sistema político brasileiro é tema do filme, recém-lançado, Crime Hediondo. O curta-metragem é essencialmente brasiliense: Ariane Lamarão assina a direção executiva ao lado do diretor Jota Erre, que também escreveu o roteiro com Kenneth Viana. Ariane também é responsável pela Direção de Produção. A preparação de elenco é de Larissa Mauro. O filme tem 12 minutos de duração, classificação indicativa para maiores de 14 anos e está disponível ao público este mês no YouTube.

A trama, com 13 minutos de duração, apresenta Nikolai, um matador de aluguel que utiliza o serviço de transporte por aplicativo para executar autoridades que estão com um plano de corrupção prestes a ser colocado em prática. O carro circula pelas ruas de Brasília (DF) a mando de Nikolai e os crimes vão se sucedendo durante a madrugada.

Confira:

Últimas notícias