Cinco filmes sobre a política brasileira chegam à Netflix

As obras da cineasta Maria Augusta Ramos estarão disponíveis na plataforma, com histórias sobre a situação social do país

atualizado 22/06/2021 14:08

O ProcessoDivulgação

Cinco filmes da premiada diretora e documentarista Maria Augusta Ramos estarão disponíveis na Netflix: Juízo, Justiça, Futuro Junho, O Processo e Morro dos Prazeres. Os três primeiros já podem ser assistidos na plataforma, os outros dois estreiam em breve no serviço.

“Acredito que essa será uma oportunidade importante de fazer com que os filmes cheguem a um público mais amplo e a novas gerações. São produções que trazem, em seu conjunto, um olhar atento e preocupado para o nosso país e a nossa sociedade”, diz Maria Augusta Ramos.

O Processo retrata os bastidores do julgamento que culminou no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 31 de agosto de 2016. Juízo acompanha a trajetória de jovens com menos de 18 anos de idade diante da lei. Meninas e meninos pobres entre o instante da prisão e o do julgamento por roubo, tráfico e homicídio.

Justiça coloca uma câmera onde muitos brasileiros nunca estiveram: um tribunal criminal no Rio de Janeiro, seguindo a rotina diária de vários personagens. Existem aqueles que trabalham lá todos os dias (advogados públicos, juízes e promotores) e aqueles que estão apenas de passagem (o acusado).

Em Futuro Junho, Maria Augusta Ramos continua a radiografar a realidade social e política brasileira. André Perfeito, analista financeiro; Alex Fernandes, metroviário; Anderson dos Anjos, metalúrgico; Alex Cientista, motoboy: quatro homens seguidos no dia a dia particular de cada um, semanas antes da abertura da Copa do Mundo FIFA de 2014.

Já Morro dos Prazeres é uma crônica sobre o dia a dia de uma comunidade do Rio de Janeiro um ano depois da instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Mais lidas
Últimas notícias