*
 

No ano em que é lembrado o centenário de nascimento de Ingmar Bergman (1918-2007), o celebrado diretor sueco ganha breve mostra com cinco filmes no Cine Brasília. Organizado pela Embaixada da Suécia, o ciclo de exibições começa nesta terça (13/6) e tem entrada franca mediante retirada de ingressos na bilheteria.

A seleção contempla alguns dos longas mais populares do cineasta. Dos anos 1950, são lembrados Morangos Silvestres (1957) e O Sétimo Selo (1957). Das décadas seguintes vêm Persona (1966), Gritos e Sussurros (1972) e Sonata de Outono (1978).

A mostra começa na capital federal e depois passa por Belém (Cine Luxardo), Goiânia (Cine Cultura), Porto Alegre (Cinemateca Capitólio), Salvador (Panorama Coisa de Cinema), Rio de Janeiro (Estação Botafogo) e São Paulo (Cine Sesc).

Confira a programação completa:

Quarta (13/6)
20h – Persona (1966, 85min)

Quinta (14/6)
18h30 – Sonata de Outono (1978, 99min)
20h – Gritos e Sussurros (1972, 91min)

Sexta (15/6)
18h30 – Morangos Silvestres (1957, 91min)
20h30 – O Sétimo Selo (1957, 96min)

Sábado (16/6)
18h30 – Persona (1966, 85min)
20h30 – Sonata de Outono (1978, 99min)

Domingo (17/6)
18h30 – Gritos e Sussurros (1972, 91min)
20h30 – Morangos Silvestres (1957, 91min)

Segunda (18/6)
20h30 – O Sétimo Selo (1957, 96min)

Mostra Centenário de Ingmar Bergman
De terça (13/6) a segunda (18/6), no Cine Brasília (Entrequadra 106/107 Sul, 61 3244-1660). Entrada franca mediante retirada de ingressos. Gritos e Sussurros é recomendado para maiores de 16 anos
 

 

COMENTE

cine brasíliapersonaingmar bergmano sétimo selomorangos silvestresgritos e sussurros
comunicar erro à redação

Leia mais: Cinema