Isaac Kappy, ator e figurante que acumulou participações em filmes como Thor (2011), O Exterminador do Futuro: A Salvação (2009) e Fanboys (2009), morreu aos 42 anos, na última segunda (13/05/2019), após cometer suicídio. Segundo o site TMZ, ele pulou de uma ponte no Arizona (Estados Unidos). Antes de tirar a própria vida, publicou uma longa carta em seu perfil no Instagram.

No texto, acompanhado por uma legenda enigmática – “cuidado com o homem que não tem nada a perder, porque ele não tem nada para proteger” –, Kappy lamenta não ter sido “um homem bom” e confessa ter abusado de “pessoas que amaram, incluindo minha família”.

 

“Na realidade, eu tenho sido um cara muito ruim ao longo da minha vida. Eu usei pessoas por dinheiro, traí muitas pessoas e a confiança delas. Vendi drogas, soneguei impostos, tenho dívidas”, desabafa o artista.

De acordo com o TMZ, Kappy acumulou polêmicas durante sua carreira em Hollywood. Foi acusado de tentar asfixiar Paris Jackson, filha de Michael Jackson, em 2018, e chegou a dizer que o ator Seth Green era pedófilo.