Chadwick Boseman acreditava em superar câncer até 1 semana antes de morrer

Fontes afirmaram ao The Hollywood Reporter que a realidade do câncer terminal só tomou conta do ator 1 semana antes de sua morte, no dia 28

atualizado 02/09/2020 14:40

Chadwick Boseman, o Pantera Negra, morre de câncer aos 43 anosMatt Winkelmeyer/Getty Images for dcp

Mesmo que lutasse há quatro anos contra o câncer de cólon, o ator Chadwick Boseman não perdeu as esperanças e acreditou que poderia se recuperar. Segundo a revista The Hollywood Reporter, o astro de Pantera Negra acreditava que superaria a doença, ganharia peso novamente, já que ele havia emagrecido consideravelmente, e faria a segunda parte de Pantera Negra.

Fontes ouvidas pela publicações afirmam que a realidade do câncer terminal só tomou conta de Boseman uma semana antes de sua morte, ocorrida na última sexta-feira (28/8). Além disso, fontes afirmam que a Disney estuda como dar continuidade ao trabalho do ator, que tinha 43 anos.

0

Apenas um pequeno grupo de pessoas de fora da família sabia sobre a luta com o câncer. Na última sexta, Kevin Feige, presidente da Marvel, recebeu um e-mail urgente sobre Boseman. Uma hora depois, ele foi declarado morto.

Entre as pessoas que sabiam sobre a doença estavam o produtor Logan Coles, o agente Michael Greene, seu treinador Addison Henderson e o diretor do filme 42, Brian Helgeland. Segundo a revista, ninguém envolvido em Pantera Negra sabia sobre a doença, assim como o desejo de Chadwick.

Rumores afirmam que a Marvel pensa em transformar Shuri (Letitia Wright) na nova Pantera Negra, já que a substituição do ator não está sendo bem vista pelos fãs.

Mais lidas
Últimas notícias