Vídeo: polícia investiga racismo contra Carla Diaz e atriz se revolta

A atriz reafirmou que "racismo reverso não existe" e disse que vai tomar as medidas para anular a ação

atualizado 08/04/2021 16:10

Carla DiazDivulgação

A atriz Carla Diaz, ex-participante do BBB21, usou as redes sociais para explicar um inquérito policial. Segundo o relato dela, ela é apontada como vítima de preconceito racial, porém, ela afirma que não usaram o nome dela na questão, sem o consentimento dela.

“Racismo reverso não existe”, afirma Carla Diaz no vídeo. Em seguida, a atriz explica a situação.

0

Ela conta que um policial da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) foi até a casa dela para informar que havia sido instaurado um inquérito policial que apontava a atriz como vítima de crime de preconceito racial. Carla Diaz se identifica como mulher branca.

“Vim falar de uma coisa chata, que eu queria que vocês soubessem por mim. Essa semana fui surpreendida por uma policial da Decradi. Levei um susto. Alguém pediu para a delegacia abrir um inquérito e vou ter que prestar depoimento, como se eu fosse vítima de discriminação. Acho um absudo, meu advogado está me ajudando. Vamos ler e nos informar. Eu estou muito chateada, ainda mais porque isso começou quando eu ainda estava na casa e usaram meu nome sem meu consentimento”, falou Carla Diaz.

Veja o vídeo:

Últimas notícias