Vaza vídeo em que Emilly do BBB17 relata agressões de Marcos para médico

Nas imagens, a vencedora também conversa com uma advogada, que a orienta sobre os direitos da sister

atualizado 27/08/2020 11:39

Reprodução

O Big Brother Brasil voltou a ser assunto nas redes sociais na madrugada desta quinta-feira (26/8). O motivo? Um suposto vídeo de dentro do confessionário em que Emilly Araújo, vencedora da 17ª edição, relata as agressões sofridas por Marcos Harter.

Nas imagens, a vencedora conversa com uma advogada, que a orienta sobre os direitos da sister. “Por conta do seu último desentendimento com o Marcos, a Delegacia de Atendimento à Mulher sugeriu que nós viéssemos aqui falar com você e alertar, dizer a você que, enquanto mulher, você tem o direito, caso queira, a medidas protetivas de urgência. Se você se sentir ameaçada ou agredida, a partir de agora, você pode solicitar medidas protetivas contra o Marcos”, avisa.

Logo depois, um médico do programa é chamado para fazer um exame físico em Emilly. É nesse momento que ela mostra alguns roxos e beliscões pelo corpo. “Lembra aquele roxo que eu te mostrei no meu braço? Foi o Marcos que fez. Agora já saiu”, diz, apontando para o local. “Ainda tem um pouquinho aqui”, completa. O médico, então, pede para fotografar o local e questiona se aquilo é uma marca de pressão. “É. Ele apertou”, responde Emilly.

0

Depois, ele insiste em saber se há alguma coisa a mais que ela deseja relatar. “Às vezes, ele perde o controle. Naquele dia que a gente discutiu de manhã, eles (direção do programa) ficaram assustados porque quando eu fiquei falando pra ele (Marcos) que não queria falar com ele, ele me forçou a falar com ele. E quando a gente deitou no chão, ele bat… ele segurou meu rosto assim e, não ficou doendo, mas ele bateu minha cabeça assim, balançou minha cabeça. Eu assustei com aquilo e ele começou a chorar. Daí eu perdoei ele”, diz Emilly.

Neste mesmo dia, algumas horas depois, o apresentador Tiago Leifert anunciou a eliminação de Marcos.

A maior parte dos vídeos, postados nas redes sociais, já saíram do ar devido aos direitos autorais da Rede Globo. Nem a emissora, nem os ex-participantes se pronunciaram sobre o caso.

 

Últimas notícias