Celebridades, subcelebridades e tudo sobre televisão de maneira ácida e divertida.

Emilly Araújo, do BBB17, diz que errou ao chamar mulher de “pobre”

Emilly Araújo, vencedora do BBB17, disse que a mulher a infernizou durante o episódio ocorrido em 2017

atualizado 03/03/2020 12:32

Emilly AraújoReprodução/Instagram

A ex-BBB Emilly Araújo fez um longo desabafo sobre como foi julgada durante e após a participação dela no Big Brother Brasil 17. Além disso, a ex-sister falou sobre o episódio em que chamou uma mulher de “pobre” enquanto estava em um camarote no Villa Mix, em Goiânia, em 2017.

“Tem muita gente que me julga porque eu ofendi uma mulher em um camarote. Não me arrependi de ter feito porque aquela mulher estava ofendendo a mim, à minha família. Claro que não justifica, mas não foi do nada que eu fiz isso. A mulher estava me infernizando e eu explodi. Logo em seguida, me retratei nas redes sociais, mas não adiantou de nada. Sabe por quê? Ao invés de me dar uma opinião construtiva, as pessoas me chamam de ridícula e elas fazem o mesmo que eu fiz”, desabafou.

0

Emilly falou ainda sobre as ofensas relacionadas à mãe dela, que morreu de câncer dias antes de entrar no Big Brother Brasil 17. “É horrível isso, ver uma mulher falando que eu não me importava com minha mãe quando estava com dor e me negava a lavava louça. Sim, eu poderia ser uma filha muito melhor se eu tivesse a cabeça que eu tenho hoje”, afirmou.

“Ela foi a melhor mãe do mundo e vocês não sabem, nunca falei aqui, mas faço terapia há dois anos e nunca colocaria música para deixar de ouvir minha mãe com dor. Ela resistiu bastante para ficar mais tempo com a gente. Hoje, eu nunca deixaria minha mãe lavar uma louça”, disse.

Últimas notícias