BBB19: Paula depõe em delegacia e cobre o rosto ao sair

A vencedora do BBB chegou ao local por volta das 16h e o depoimento durou cerca de 2 horas

Reprodução/TV GloboReprodução/TV Globo

atualizado 15/04/2019 20:13

Paula Von Sperling mal saiu da casa do Big Brother Brasil e já teve de prestar depoimento. Investigada por intolerância religiosa, a vencedora da edição deste ano do reality esteve na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Rio de Janeiro, na tarde desta segunda-feira (15/04/19).

Ela chegou ao local por volta das 16h e o depoimento durou cerca de 2 horas. As informações são do UOL.

A ex-BBB deixou o local sem dar entrevistas e com o rosto coberto. As janelas do carro em que Paula estava foram tampadas.

Paula é investigada por injúria por preconceito baseada em intolerância religiosa dentro da casa do BBB19. Caso seja condenada, pode pegar até três anos de pena.

Relembre
No dia 7/2, durante conversa com Diego e Hariany, a bacharel em Direito declarou ter medo de Rodrigo conquistar o Líder da semana apenas por causa da religião dele.

“Eu tenho medo… Ele mexe muito com esses trecos… Ele falou hoje o tempo todo, ele sabe cada Oxum dele lá, e eu tenho medo”, disse a sister.

Hariany ficou temerosa pela fala da amiga e prontamente a repreendeu: “Não precisa ficar falando disso não, porque pessoas dessas religiões lá fora ficam com implicância com você e acham que você é preconceituosa”. “Mas eu não sou não!”, rebateu Paula.

A goiana ainda citou o momento em que, conversando com Paula, relatou ter ouvido uma conversa misteriosa entre Rodrigo e Gabriela. “Eu não quero ficar falando sobre isso”, disse a loira, e Paula completou: “Mas sei lá, se acontecer alguma coisa, ontem a gente viu que não deu… Nosso Deus é maior”.

Últimas notícias