Villas Bôas tem melhora “considerável” no quadro respiratório

Assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general está na UTI do Hospital Sírio-Libanês de Brasília

atualizado 12/10/2019 13:57

Igo Estrela/Metrópoles

O assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) general Villas Bôas, de 67 anos, teve “melhora considerável” no quadro respiratório, segundo boletim médico divulgado neste sábado (12/10/2019).

Referência para os militares do governo Bolsonaro, o ex-comandante do Exército continua na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês em Brasília. Villas Bôas é portador de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa.

O militar estava internado no Hospital das Forças Armadas (HFA) desde o dia 2 de outubro e foi transferido no último domingo (06/10/2019), devido a uma piora no quadro clínico.

Na quinta-feira (10/10/2019), o general apresentou uma piora no quadro de saúde e precisou fazer uma traqueostomia para desobstrução das vias respiratórias.

Últimas notícias