Vídeos: brasilienses se aglomeram em bares e ruas em jogo do Flamengo

Dezenas de pessoas, incluindo crianças, se reuniram no local, na noite de quinta-feira (25/2), para assistir a uma partida do Brasileirão

atualizado 26/02/2021 9:22

aglomeraçãoReprodução

Na noite em que o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, tomou medidas mais duras para conter o avanço do novo coronavírus na capital federal, com o lockdown, um bar em Planaltina provocou grande aglomeração em diversos pontos da capital. Dezenas de pessoas, incluindo crianças, se reuniram em bares e nas ruas, na noite da última quinta-feira (25/2), para assistir ao jogo entre São Paulo  e Flamengo e, depois, comemorar o título do rubro-negro.

Vídeos e fotos mostram aglomerações na Asa Sul, no Cruzeiro e na Quadra 3 da Vila Buritis, em Planaltina.

Imagens feitas por moradores de Planaltina mostram a rua completamente lotada. Alguns relataram ao Metrópoles que uma equipe da Polícia Militar estava no local durante a transmissão da partida, mas só dispersou a multidão por volta da 1h.

“Colocaram até cone para fechar a rua. Não é a primeira vez que acontece. Sempre que tem jogo é a mesma confusão. Aqui tem câmeras instaladas pelo batalhão da PM. Além das nossas ligações, eles sabiam dessa aglomeração desde as 18h”, denunciou uma moradora, que não quis se identificar.

Veja imagens de Planaltina:

A reportagem acionou a Polícia Militar na noite de quinta-feira (25) e enviou os vídeos feitos pelos vizinhos. A corporação explicou que não podia atestar que as imagens foram feitas no mesmo bar denunciado pelas testemunhas, mas confirmou que “havia grande quantidade de pessoas na Quadra 3 por causa da partida entre Flamengo e São Paulo”.

A corporação completou alegando que “a Polícia Militar monitorou o local e informou a situação aos demais órgãos que atuam na fiscalização das medidas de enfrentamento à Covid-19. O DF Legal foi até o endereço, mas o bar estava fechado, e o público já havia sido dispersado”.

Veja imagens do Cruzeiro:
0
Confira aglomeração em boate da Asa Sul:

 Lockdown

Conforme o Metrópoles revelou, o governador Ibaneis Rocha decretou lockdown no Distrito Federal, a partir de segunda-feira (1°/3), devido à pandemia da Covid-19. “Vamos fechar tudo, exceto serviços essenciais, das 20h às 5h”, disse. Portanto, as demais atividades seguem autorizadas a funcionar fora do horário determinado.

“Estamos com 92% de UTIs ocupadas, e vamos tomar as providências aos poucos, na medida do que for necessário. Por enquanto, essas são as providências urgentes”, afirmou o chefe de Palácio do Buriti.

Os servidores que não forem de serviços essenciais ficarão em home office. A média móvel de mortes por Covid-19 no Distrito Federal subiu para 11 na quinta-feira. Na comparação com o indicador apurado há 14 dias, houve crescimento de 8,5%.

Desde o início da pandemia de coronavírus, o DF notificou 293.782 contaminações e 4.805 óbitos em decorrência da doença. Nas últimas 24 horas, foram 14 mortes e 1.068 novas infecções.

Últimas notícias