*
 

Mais uma suspeita de violência contra um motorista da empresa Uber que teria sido protagonizada por taxistas está sendo investigada pela Polícia Civil do Distrito Federal. Daniel Torres informou à 5ª Delegacia de Polícia, na área central de Brasília, que o seu veículo foi amassado quando estacionou em frente a um shopping da Asa Norte para atender um cliente na noite de quarta-feira (23/3).

Arquivo pessoal/Daniel Torres

Porta do veículo amassada

Segundo a Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom), Torres ainda afirmou que as pessoas chutaram e deram socos no carro, além de usarem uma barra de ferro contra o automóvel. O caso está sendo investigado como dano material.

No ano passado, o condutor da empresa Alexandre Rodrigues de Almeida Rocha, 37 anos, foi agredido por socos e levou uma paulada na cabeça, no Setor Hoteleiro Norte (SHN), enquanto aguardava um cliente. Seis taxistas acusados da agressão foram detidos pela Polícia Militar e conduzidos para a 5ª Delegacia de Polícia (área central).

 

 

 

COMENTE

Uber5ª DP
comunicar erro à redação