Segurança do Aeroporto de Brasília treinada para evitar atentados

Local será monitorado desde o balão por policiais civis, militares, federais, 1,3 mil câmeras e cães durante posse de Bolsonaro

Michael Melo/Metrópoles

atualizado 28/12/2018 18:53

Uma das portas de entrada para a capital, o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek estará com segurança reforçada durante a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), marcada para o dia 1º de janeiro de 2019. A expectativa é de movimentação aérea de 2.310 pousos e decolagens no período entre os dias 27 de dezembro e 2 de janeiro.

Além das autoridades, convidados e interessados em acompanhar o evento, haverá no período um grande fluxo de passageiros retornando das festividades de final de ano. Outro grande fluxo de pessoas deve acontecer nas áreas dos hangares com o deslocamento de aeronaves executivas.

Para atender à demanda e assegurar o pleno funcionamento do terminal, as polícias Federal, Militar e Civil vão aumentar o efetivo no aeroporto. As equipes contarão, ainda, com o apoio do Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães) e com agentes do Batalhão de Trânsito (BPTrans), que vão monitorar todo o sítio aeroportuário. Do balão do aeroporto até a área de embarque, o reforço será ampliado.

O Aeroporto de Brasília também possui uma base fixa da Polícia Militar no terminal aéreo. O ponto de apoio está localizado no piso de desembarque e funciona 24 horas. A cada turno, dois policiais militares são destacados para fazer a segurança e auxiliar passageiros.

Além do auxílio dos órgãos públicos e com as mais de 1,3 mil câmeras de monitoramento, haverá incremento dos funcionários da vigilância privada da Inframerica, empresa que administra o terminal. As equipes acabaram de passar por treinamento de técnica antiterrorismo com o Exército brasileiro.

A orientação da concessionária é que passageiros cheguem para seus voos com 2 horas de antecedência para embarques domésticos e 3 horas para os internacionais. Para agilizar o embarque, espera-se que os passageiros sigam as seguintes orientações:

1. Os horários de pousos e decolagens podem ser acompanhados pelos monitores espalhados pelo terminal, pelo site (www.bsb.aero) ou pelo aplicativo do aeroporto.

2. Para embarcar é necessário apresentar documento com foto. São aceitos: passaporte, carteiras de identidade, de motorista e de trabalho.

3. A Inframerica lembra que os objetos esquecidos e perdidos no aeroporto são enviados ao Achados e Perdidos. A sala fica localizada próximo ao balcão de pagamento de estacionamento, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 23h (intervalos: das 12h às 13h e das 19h às 20h). Fora do horário de atendimento, é preciso buscar ajuda no balcão de informações. O telefone de contato do Achados e Perdidos é o 3214-6109. Objetos esquecidos dentro das aeronaves são de responsabilidade das companhias aéreas.

4. Malas e bagagens de mão devem estar sempre sob a posse de seus donos. Por motivos de segurança, não deixe seus pertences desacompanhados.

5. O conteúdo das malas é de responsabilidade do passageiro. Fique atento, pois transportar objetos de terceiros pode ser um risco.

6. Em caso de dúvidas, procure os funcionários da Inframerica no balcão de informações ou utilize os aerofones​.

7. Ao optar por transporte por aplicativo ou táxi, preste atenção ao embarcar. O serviço de táxi possui uma área própria e credenciada para o serviço no aeroporto. Motoristas de aplicativo não abordam passageiros, as corridas devem ser feitas pelo sistema da empresa em seu celular. Confira a placa e o nome do condutor do veículo antes de entrar no carro.

 

 

Últimas notícias