PCDF identifica homem que matou estudante da UnB na Rodoviária

O criminoso seria um morador de rua apelidado de Galego. Ele costuma perambular e passar as noites consumindo drogas no local

Reprodução/Facebook

atualizado 15/01/2019 20:08

Investigadores da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central de Brasília) identificaram o homem que matou o estudante da Universidade de Brasília (UnB) Milton Junio Rodrigues de Souza (foto em destaque). O jovem de 19 anos foi assassinado na madrugada desta terça-feira (15/1) com uma facada no peito, na Plataforma B da Rodoviária do Plano Piloto, próximo à escada rolante.

O criminoso seria um morador de rua apelidado de Galego. Segundo os policiais, ele costuma perambular e passar as noites consumindo drogas nas redondezas do terminal. Os investigadores coletaram uma série de imagens registradas pelas câmeras de segurança, mas o crime ocorreu em um ponto cego, onde as circunstâncias do assassinato não foram flagradas pelos equipamentos.

Os policiais da 5ª DP estão nas ruas tentando localizar o suspeito, que não foi mais visto na Rodoviária. Como se trata de um morador de rua, a busca pelos dados de Galego é mais complicada.

Uma testemunha do assassinato era amigo de Milton. O estudante Ícaro Carlos de Sousa, 19, contou que estava na companhia da vítima e de mais um jovem quando voltavam de uma festa no Conic. Quando passaram pela escada rolante da Rodoviária foram abordados pelo morador de rua. “Ele tomou o isqueiro e ficou mexendo com a gente. Nós não gostamos, mas não fizemos nada. Depois, ele começou a xingar mandando a gente sair da escada”, contou.

0

Ainda segundo o jovem, após a discussão, um amigo do morador de rua foi para cima de Milton Junio: “Pegou o celular e deu a facada nele”. Ícaro informou que o amigo estava consciente, mas não conseguia falar. Os suspeitos fugiram com o celular e a carteira da vítima.

Últimas notícias