*
 

A Polícia Civil começou a ouvir testemunhas para prender o homem que, no sábado (10/2), em Santa Maria, baleou a pequena Sther Laís de Jesus, 3 anos. Ela foi atingida por um tiro na cabeça enquanto andava de bicicleta na Quadra 206 de Região Administrativa. Internada na ala vermelha do Instituto Hospital de Base do Distrito Federal (IHBDF), a menina segue em coma induzido.

De acordo com parentes, ela está com alguns estímulos ativos e não corre risco de morte. No domingo (11/2), os médicos colocaram um cateter no cérebro para auxiliar a oxigenação.

Na esfera policial, as intimações seguem sendo enviadas a vizinhos e familiares. As oitivas são realizadas na 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria), responsável pelo caso.

A Polícia Civil reforçou que as investigações foram iniciadas imediatamente após o crime. “Fizemos diligências no sentido de localizar o autor e o veículo usado supostamente por ele. Também foram colhidos depoimentos de testemunhas e pessoas que possivelmente poderão ajudar na prisão do autor”, disse a corporação por meio de nota. ​

Investigação
A Polícia Civil informou ter um suspeito. O homem estava em um Gol branco quando efetuou os disparos, possivelmente para atingir um desafeto.

Mais informações não foram divulgadas para não atrapalhar as investigações. Conforme noticiou o Metrópoles, um homem chegou a ser preso, mas acabou solto por falta de provas que o ligassem ao crime.