Vídeo mostra assalto e vítima matando suspeito em posto

Um adolescente foi morto e outros dois acabaram baleados durante roubo na madrugada desta sexta-feira (11/10/2019)

ReproduçãoReprodução

atualizado 11/10/2019 12:03

Dois adolescentes foram feridos a tiros e um terceiro acabou morto durante assalto a um posto de combustível, na quadra 1, conjunto A, lote 1, em Taguatinga, às margens da Avenida Elmo Serejo, na madrugada desta sexta-feira (11/10/2019). Os disparos foram feitos por uma das vítimas.

Os suspeitos que sobreviveram, ambos com 16 anos, foram apreendidos no momento em que deram entrada no Hospital Regional de Ceilândia (HRC). A Polícia Militar localizou o GM Prisma branco usado no crime QNM 38, em Taguatinga Norte. No interior do carro, havia R$ 60 e dois celulares. O automóvel pertence a um motorista de aplicativo. O homem foi assaltado e teve o carro levado por criminosos momentos antes do roubo ao posto de combustíveis.

Conforme o Metrópoles mostrou, os motoristas de aplicativo têm sido alvo cada vez mais comuns de bandidos. Segundo levantamento feito pela Polícia Civil do DF (PCDF), a quantidade de condutores dos apps Uber, 99 e Cabify vítimas de roubo com restrição de liberdade ou sequestro-relâmpago, como o crime é popularmente conhecido, saltou de 22 casos em 2017 para 71 episódios apenas nos seis primeiros meses deste ano.

Para se ter uma ideia, no primeiro semestre de 2018, foram computadas apenas 14 ocorrências policiais. Na prática, isso significa que, neste ano, praticamente todo mês 12 condutores são sequestrados durante corridas no DF. O balanço expõe a vulnerabilidade de quem depende do trabalho para sobreviver ou encontrou na atividade uma forma de conseguir mais dinheiro ao final do mês.

Imagens do circuito de segurança do posto mostram o momento em que os suspeitos chegam ao estabelecimento, por volta de 1h desta sfCarroexta-feira (11/10/2019). Dois homens que estavam sentados conversando se levantam. Os assaltantes começam a revistar as vítimas. Momento em que uma delas reage e atira nos adolescentes. Um cai morto. Os outros entram no carro e fogem.

De acordo com a PM, o adolescente de 15 anos, que foi morto, tinha mandado de busca e apreensão em aberto. Os militares não identificaram a vítima que reagiu ao assalto. As informações preliminares da corporação são de que ela seria um cliente, mas nenhum representante do posto foi encontrado na manhã desta sexta para confirmar essa versão.

Ao Metrópoles, o subtenente Eduardo Lima, do 8° BPM (Ceilândia), disse que o homem que reagiu ao assalto do posto é um policial aposentado. Ainda não se apresentou. Mas, segundo o advogado dele, ele irá à delegacia na segunda-feira (14/10/2019) e alegar legítima defesa.

Ainda de acordo com o subtenente, os adolescentes usaram armas de brinquedo no assalto. Depois, os dois que foram baleados entraram no Prisma branco roubado e fugiram. Os outros dois criminosos, que estavam no automóvel, deixaram os comparsas no hospital, depois abandonaram o carro na quadra 38 de Ceilândia. Em seguida, levaram outro veículo carro atrás da Feira dos Goianos para fugir.

Segundo informações de funcionários do posto, a região onde ocorreu o assalto é muito perigosa. Há relatos de outro roubo no mesmo estabelecimento este ano. Eles disseram que, durante o crime desta madrugada, cinco suspeitos chegaram ao estabelecimento em um carro branco. Eles fugiram levando uma bolsa com a renda apurada pelo estabelecimento. Lá, havia R$ 244.

Desdobramento

Na manhã desta sexta-feira, houve um desdobramento do caso. Um carro foi roubado em Taguatinga e recuperado em Ceilândia. Em uma casa, os policiais militares encontraram 3kg de drogas e uma arma calibre .12 que teria sido usada no assalto do posto. A irmã do adolescente morto também está entre os detidos. Ela tem 17 anos. Por volta das 10h, o caso estava sendo registrado na 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro).

Os policiais do 8º BPM (Ceilândia) receberam a denúncia do carro roubado, uma EcoSport marron, por volta das 8h22. O carro foi achado abandonado na frente da casa onde os suspeitos foram encontrados. “Quando chegamos, visualizamos uma garota entregando droga para um rapaz no local, por volta de 8h30. Ela foi identificada como irmã do suspeito morto no posto, durante o assalto dessa madrugada”, explicou o soldado Thiago Leite.

Os rapazes tinham entrado na casa da frente onde o carro estava abandonado. Na residência, localizada na QNM 24 Conjunto L, Ceilândia Norte, foram encontradas a droga e a arma de fabricação caseira. Os dois outros suspeitos presos são maiores.

PMDF/Divulgação
Prisma usado por adolescentes em assalto foi localizado na QNM 38 de Taguatinga Norte

 

Últimas notícias