Vídeo: servidores do Hospital de Planaltina são flagrados brigando

Médico e o supervisor de emergência teriam se desentendido em virtude de uma cobrança por agilidade no atendimento. Secretaria apura caso

Gabriel Jabur/Agência BrasíliaGabriel Jabur/Agência Brasília

atualizado 10/01/2019 22:18

A Secretaria de Saúde (SES) apura a conduta de dois servidores do Hospital Regional de Planaltina (HRP) flagrados batendo boca em um vídeo que começou a circular nas redes sociais nesta quinta-feira (10/1).

O médico e o supervisor de emergência, protagonistas das imagens, teriam se desentendido em virtude de uma cobrança por agilidade no atendimento. Os dois foram ouvidos e um processo administrativo será encaminhado para a corregedoria da pasta.

Conforme informou a SES por meio de nota, o supervisor não integra o quadro de funcionários desde 31 de dezembro, quando foi exonerado, mas trabalha na unidade de forma voluntária. A pasta esclareceu, ainda, que os serviços de voluntários são registrados e formalizados na Secretaria de Saúde e são prestados em toda a rede.

Veja o vídeo:

“A direção esclarece que, no momento em que a cena era registrada, havia 33 pacientes aguardando atendimento, dois pacientes no box de emergência e 26 internados no pronto-socorro. Havia dois médicos escalados no plantão, porém um deles estava com regime de trabalho por tempo diferenciado (TPD) e informou o cancelamento poucas horas antes do início do plantão. Também havia uma enfermeira lotada na Gerência de Emergência na supervisão da chefia de equipe”, diz o comunicado da SES.

Últimas notícias