Pacientes enfrentam fila em Farmácia de Alto Custo do DF

Segundo a Secretaria de Saúde, aumento na procura é resultado da chegada do feriado prolongado de Carnaval

atualizado 22/02/2020 16:58

Usuários da rede pública de saúde enfrentaram longas filas na manhã de sexta-feira (21/02/2020) para pegar medicamentos distribuídos na Farmácia do Componente Especializado de Ceilândia, antiga Farmácia de Alto Custo.

Em um vídeo registrado por uma paciente da rede (veja abaixo), é possível observar a unidade lotada e muitas pessoas esperando por atendimento. À reportagem, uma usuária, que pediu para não ser identificada, afirmou ter chegado ao local 14h, mas só conseguiu pegar o remédio às 19h.

“Vou precisar fazer a aplicação medicamentosa no começo do mês que vem e tentei adiantar indo hoje. Quando vi aquela cena me desesperei. Teve gente que foi embora, porque não conseguiu pegar o remédio”, disse.

Veja a situação da unidade: 

Segundo a mulher, nem todos os guichês funcionavam durante o expediente. “Em agosto foi a última vez que eu tinha estado lá e foi a mesma coisa, nada mudou. Um absurdo, pessoas idosas esperando horas na fila”, criticou.

Em nota, a Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) afirmou que trabalha para melhorar a qualidade do atendimento nas farmácias. Segundo a pasta, é comum que a demanda por medicamentos aumente no início e no fim de cada mês. “Um dos motivos para a alta demanda registrada nesta sexta pode ser o feriado prolongado da próxima semana”, identificou.

Ainda de acordo com a Saúde, houve ampliação no número de guichês. O fato poderá “aumentar a capacidade de atendimento de 12 mil para 16 mil pacientes por mês”. Uma equipe da ouvidoria da secretaria visitou a unidade para ouvir as queixas e sugestões. Segundo a pasta, foram 350 pessoas ouvidas e 36 manifestações registradas.

Mais lidas
Últimas notícias