Sambista Marcelo Sena cria vaquinha para tratar câncer. Veja como ajudar

Música famoso no DF tem despesa mínima de R$ 7 mil mensalmente com alimentação orgânica, suplementação, ozonioterapia e remédio

atualizado 15/10/2021 18:19

Reprodução/Instagram

Parafraseando o compositor Arlindo Cruz: “O show tem que continuar”, o vocalista Marcelo Sena busca por apoio para seguir com a rotina de shows junto à Banda Coisa Nova, conhecida por muitos brasilienses pelo samba, swing e bossa nova que tocam há anos no Distrito Federal. Na últimas semanas, o músico criou uma vaquinha on-line para ajudar a custear o tratamento contra um câncer de próstata com metástases nos ossos, que o acometeu no final de 2018.

Devido o avanço da pandemia da Covid-19 nos últimos meses, o músico não pode realizar shows, principal forma de sustento para dar continuidade ao tratamento. Dessa forma, a doença retornou com mais força. Nesse tempo, o custo dos remédios duplicou.

“Começou a uma semana ou duas. No início relutei um pouco com a ideia de criar a vaquinha, pois as pessoas acabam vendo com maus olhos. Mesmo trabalhando muito, eu não consigo suprir os custos. Foi muito difícil botar minha imagem pedindo algo”, revela. “Foi pavoroso, tive que fazer live para arrecadar alimento, fiz umas três ou quatro”.

0

Marcelo tem a despesa mínima de R$ 7 mil mensalmente com alimentação orgânica, suplementação, ozonioterapia e com o remédio Acetato de Abiraterona (Zityga) de 250mg, que pode ser encontrado por diversos valores. Segundo os médicos, o tratamento deve seguir por mais um ano e oito meses.

Apesar do câncer, Marcelo se sente bem consigo mesmo e enxerga um propósito por tudo que está passando. “O que era para ser um pesadelo se tornou um sonho de amor. Recebo muito mensagens de amigos e fãs. Sei que Deus tem um propósito na minha vida, talvez de tornar as pessoas mais amorosas e gratas pela vida, pois eu luto para viver”, declara.

Como ajudar

Por volta das 18h dessa sexta-feira (15/10), a vaquinha já tinha arrecadado R$ 8,210 mil, da meta de R$ 150 mil estipulada pelo profissional, suficiente para arcar com os custos da quimioterapia até o final do processo.

Quem quiser ajudar a família a custear o tratamento de Marcelo pode contribuir por meio da vaquinha on-line ou com depósito bancário, de qualquer valor, na seguinte conta do BRB número 100.006.207-1.

Mais lidas
Últimas notícias