População pode opinar, em consulta pública, sobre concessão da Rodoviária

Proposta prevê contrato de 20 anos na gestão do terminal do Plano Piloto

atualizado 24/10/2020 14:20

Daniel Ferreira/Metrópoles

A Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob) abriu nesta sexta-feira (23/10) consulta pública, até o 24 de novembro, sobre o edital de licitação para escolha de empresa que vai gerir a Rodoviária do Plano Piloto. No dia 10 de novembro será realizada uma audiência pública para discutir o tema.

A concessão tem por objetivo a melhoria da mobilidade de passageiros e veículos no terminal. O projeto também abrange a recuperação estrutural de todo o complexo viário, além da reurbanização da plataforma rodoviária e melhoria da prestação de serviço.

A proposta de concessão prevê um contrato com duração de 20 anos, com investimento de R$ 190,6 milhões em obras. Ao debater o projeto com a população, a secretaria vai colher subsídios pra aprimorar os estudos de modelagem técnica, econômico-financeira e jurídica, além das minutas do edital e do contrato de concessão.

As contribuições escritas poderão ser encaminhadas das seguintes formas:

  • Por meio de mensagem eletrônica, para o endereço: [email protected]
  • Protocoladas no endereço: Setor de Áreas Isoladas Norte (SAIN), Estação Rodoferroviária Sobreloja Ala Sul – CEP: 70631-900, Brasília-DF, em dias úteis das 8h às 12h e de 13h às 18h
  • Por mensagem de WhatsApp, em audiência pública no dia 10 de novembro, às 10h, enquanto durar a audiência. O evento será transmitido em tempo real no canal do YouTube da secretaria.

O Metrópoles entrou em contato com a Administração da Rodoviária para comentar o assunto, mas até a última atualização desta matéria não recebeu manifestação. O espaço segue aberto. (Com informações da Semob-DF)

0

Últimas notícias