CLDF: plano de saúde autoriza realização de exame de coronavírus

Termo aditivo foi publicado nesta quinta-feira (09/04). Hospital Brasília e laboratórios Exame estão autorizados a receber pacientes

atualizado 09/04/2020 18:19

O Fundo de Assistência à Saúde dos Deputados Distritais e Servidores da Câmara Legislativa do Distrito Federal (Fascal) publicou, nesta quinta-feira (09/04), um aditivo com o credenciamento de duas unidades para a realização de testes de identificação do coronavírus. O exame será pago pelo plano de saúde conforme a demanda for atendida.

O termo está em vigência desde o dia 13 de março, de acordo com a publicação do Diário da Câmara Legislativa (DCL). Caso haja a necessidade de realização das análises, os associados – servidores e dependentes – poderão se encaminhar ao Hospital Brasília ou fazer o teste no laboratório Exame.

De acordo com a direção do Fascal, diferentemente de planos de saúde tradicionais, o fundo é de gestão própria. Ou seja: não se adequa às normas gerais da Agência Nacional de Saúde (ANS), que versa sobre as regras de atendimento. Sendo assim, para que os associados possam realizar os testes, foi necessário implementar o aditivo.

Mais lidas
Últimas notícias