Polícia de Goiás investiga se corpo encontrado é de servidor desaparecido

Lázaro Rosa Franco, de 29 anos, não é visto desde o dia 30/6, quando saiu de casa para trabalhar e não retornou

atualizado 25/08/2020 14:05

Lázaro Rosa FrancoArquivo pessoal

A Polícia Civil de Goiás encontrou, na tarde dessa segunda-feira (24/8), um corpo já em estado de decomposição pendurado em uma árvore, em Valparaíso de Goiás. Ainda não há confirmação sobre a identidade da vítima e a causa da morte. Contudo, a PCGO investiga a suspeita de que possa se tratar de Lázaro Rosa Franco, de 29 anos, desaparecido desde o dia 30 de junho.

O cadáver foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Luziânia, onde passará por perícia que vai confirmar se o corpo é do servidor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

0

As últimas imagens de Lázaro foram obtidas mediante câmeras de vigilância de vizinhos, que flagraram o momento em que o jovem deixa a residência, no Valparaíso (GO), há quase dois meses.

Sensibilizados com o caso, vizinhos, amigos e voluntários montaram diversas equipes de busca. Um dos grupos usou um drone para sobrevoar a mata da região de Valparaíso, mas sem sucesso na procura de pistas do servidor público.

Apesar de as intensas buscas no DF, Entorno e até em cidades de Goiás não terem resultado em pistas concretas sobre paradeiro do filho, Cynthia Rosa, a mãe do rapaz, agradece o esforço de todos que a ajudam na missão de encontrar o o servidor público.

O que já se sabe

De acordo com a família, Lázaro possuía histórico de ansiedade e depressão. Até abril deste ano, ele morava em Águas Claras, quando terminou um relacionamento que mantinha e voltou para a casa dos pais. Parentes creem que esse possa ter sido o motivo de uma nova crise depressiva.

Um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento foi aberto na 2ª Delegacia Distrital de Valparaíso de Goiás. Até o momento, sem nenhuma informação que esclareça o sumiço do rapaz.

Qualquer pista que indique o paradeiro de Lázaro pode ser usada pelas autoridades de Goiás nas buscas. Informações podem ser repassadas aos telefones: (61) 3627-9406 / 99219-6669 ou 99178-3416.

Veja o último registro do servidor na região:

Últimas notícias