Obra do Túnel de Taguatinga chega a 40% após um ano de execução

Mais de R$ 275 milhões serão investidos na obra realizada no centro de Taguatinga. A entrega está prevista para o fim de 2022

atualizado 20/07/2021 15:49

Um ano depois de ter sido sido reiniciada, a obra do Túnel de Taguatinga chegou a 40% do trabalho total executado. A previsão de entrega foi adiada novamente, e a novidade deve ficar pronta, segundo o GDF, no fim do segundo semestre de 2022.

Conforme informa o governo, a obra se encontra na etapa de execução da rede de drenagem pluvial. Até a próxima semana, está prevista a demolição do viaduto da Samdu. Os serviços de montagem de cimbramento (estrutura de suporte provisória) prosseguem e, em breve, será iniciada a execução da estrutura das lajes e vigas.

No começo do mês, o Metrópoles mostrou que o prazo máximo para a entrega do túnel foi ampliado em 488 dias, ficando até outubro de 2022. A Secretaria de obras, no entanto, tinha expectativa de realizar a entrega ainda em junho do ano que vem.

No total, R$ 275,7 milhões serão investidos na construção, coordenada pelo Consórcio Novo Túnel, executor das obras.

A construção foi liberada pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) após suspensão que vigorava desde 2016. Houve à época uma representação que questionava a habilitação do Consórcio Novo Túnel na licitação.

0
Impacto das obras

A passagem subterrânea fará uma ligação para motoristas que trafegam no sentido Ceilândia, pela Avenida Elmo Serejo, além de oferecer uma via alternativa pela superfície para o centro de Taguatinga. Isso tem como intuito evitar a retenção de veículos nos semáforos do centro da cidade. Com a conclusão da obra, os carros que estiverem na Avenida Elmo Serejo, sentido Plano Piloto, vão entrar pelo túnel e sair na Estrada Parque Taguatinga (EPTG).

Do outro lado, aqueles que chegarem a Taguatinga pela EPTG também passarão pelo túnel até o início da Via Estádio, saindo logo após o viaduto da Avenida Samdu. Vias marginais darão acesso às avenidas Comercial Sul e Norte e Samdu Sul e Norte. A passagem subterrânea terá 1.010 metros de extensão e vai contar com duas vias paralelas, cada uma com três pistas de rolagem em cada sentido.

A Avenida Central de Taguatinga se transformará em um boulevard arborizado, com foco nas pessoas e no comércio da região. Além do paisagismo, as calçadas serão reformadas, e os estacionamentos, ampliados.

Últimas notícias