Novo incêndio atinge o Parque Ecológico de Águas Claras neste sábado

A corporação deslocou quatro viaturas e 15 militares para tentar extinguir a queimada

CBMDF/Divulgação

atualizado 14/09/2019 13:58

Um dia após um incêndio consumir 38.394m² de vegetação, o Parque Ecológico de Águas Claras sofreu novamente com as chamas neste sábado (14/09/2019). De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), a área do novo incêndio se localizava em uma área de mata densa, próxima à Quadra 107.

A corporação informou que a ocorrência é caracterizada como “incêndio subrerrâneo”: quando há poucas chamas, grande produção de fumaça e a queimada acontece em profundidade de forma lenta. Para atender a ocorrência, a corporação deslocou quatro viaturas e 15 militares. O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) também prestou apoio, enviando 12 brigadistas.

Foram necessárias cerca de seis horas para que o CBMDF considerasse o fogo controlado. Os bombeiros usaram linhas de mangueiras das viaturas para adentrar a mata até o foco, além de bombas costais com água. Uma vez que o fogo ocorreu dentro do solo, foi necessário utilizar água em abundância para que houvesse penetração na terra.

A corporação manterá uma viatura e equipe fixa no local até as 18h para monitoramento da área. Ainda não há a mensuração da área atingida.

Não houve vítimas e as causas do incêndio ainda são desconhecidas.

Veja vídeos:

O parque tem 113,46 hectares. Criado em 15 de abril de 2000, pela Lei Complementar nº 287, tem a missão de proteger o acervo genético da flora e da fauna nativas do Cerrado e algumas nascentes que integram importantes locais de recargas aquíferas registradas na região.

De acordo com o CBMDF, até o último dia 10 mais de 8 mil hectares foram queimados no DF, totalizando 6,4 mil ocorrências de incêndios em vegetação. Em todo o ano de 2018, o total de casos do tipo foi 6,4 mil, atingindo mais de 7 mil hectares queimados.

Últimas notícias