Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

PCDF prende membro do Comando Vermelho que trabalhava em pastelaria

A localização do faccionado foi informada pela Polícia Civil do Estado do Mato Grosso, no âmbito da Operação Avenida Brasil

atualizado 24/03/2022 15:05

sede da PCDFRafaela Felicciano/Metrópoles

O Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Decor) da Polícia Civil do Distrito Federal prendeu um integrante do Comando Vermelho do Mato Grosso nesta quarta-feira (23/3). O criminoso se escondia em Brasília e tentava demonstrar uma vida normal trabalhando em uma pastelaria de Ceilândia, local onde foi detido. A operação contou com apoio da Divisão de Inteligência da PCDF.

A PCDF foi avisada da presença do faccionado pela Polícia Civil do Estado do Mato Grosso (PCMT), a partir da deflagração da Operação Avenida Brasil. O homem era líder da associação para o tráfico que atuava na região de Tangará da Serra, a cerca de 240km de Cuiabá.

Polícia prende traficantes do Comando Vermelho que faturaram R$ 3 bi

A Operação Avenida Brasil começou em maio de 2020 e teve como alvo 66 pessoas, das quais 24 foram indiciadas e decretada a prisão preventiva de 12 envolvidos.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Adil Pinheiro de Paula, a associação criminosa está intimamente ligada à facção atuante em diferentes crimes e presente em todo o estado de Mato Grosso e que atua dentro e de fora de presídios.

O nome operação “Avenida Brasil” faz referência à avenida principal de Tangará da Serra. O tráfico de drogas dividiu a cidade em duas áreas de influência, tendo a avenida como divisor.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias