Mulher encontrada morta do DF teve pescoço cortado

A vítima identificada como Daiane Gomes da Silva foi achada em lote abandonado de Santa Maria

atualizado 10/09/2019 14:01

Por volta de 12h30 de segunda-feira (09/09/2019), o corpo de uma mulher foi encontrado com o pescoço cortado em lote abandonado de Santa Maria. A vítima, identificada como Daiane Gomes da Silva, tinha 32 anos e era moradora da QR 203 da mesma região administrativa.

No lote, localizado na CL 114, ao lado do supermercado Vivendas, a polícia encontrou uma garrafa quebrada, possivelmente usada como arma do crime. No corpo de Daiane, haviam lesões no pescoço, queixo e na cabeça, além de um corte profundo na garganta. Materiais genéticos já foram colhidos na cena do crime, onde digitais eram perceptíveis.

O delegado Rodrigo Telho, chefe da 33ª DP (Santa Maria), estima que o assassinato tenha ocorrido por volta de 1h de segunda (09/09/2019). Ele trabalha com a hipótese de homicídio, mas não descarta a possibilidade de feminicídio.

Vista pela última vez pela família no domingo (08/09/2019) na companhia de um homem, a vítima tinha quatro filhos: um de 6 anos, outro de 4 e um casal de gêmeos de apenas 6 meses.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada por pedestres, que encontraram a mulher já sem vida. Daiana teria saído de casa no domingo (08/09/2019), por volta das  23h. As informações foram passadas aos investigadores pelos irmãos da vítima, que reconheceram o corpo. Até a última atualização desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso.

O velório de Daiane será nesta quarta-feira (11/09/2019), na Capela 2 do Cemitério do Gama. O início está previsto para as 8h. O sepultamento ocorre às 11h.

Últimas notícias