*
 

Um grupo de moradores do condomínio Smart, localizado na Avenida Sibipiruna de Águas Claras, está realizando um abaixo-assinado por causa do barulho causado pelas sirenes das viaturas do Corpo de Bombeiros.

No residencial, vivem cerca de 1 mil pessoas. Pelo menos 26 já assinaram o documento, que será entregue ao comandante do batalhão local. Entre as principais justificativas para a reclamação, estariam os sustos causados pelos sinais sonoros em crianças e idosos.

Reprodução

A viatura que incomoda em Águas Claras é modelo Auto Bomba Tanque (ABT), utilizada para situações de incêndios, capotamentos ou salvamento.

Leonardo Conte, 34 anos, síndico do Smart, disse que o abaixo-assinado não foi proposto pelo condomínio, mas por uma moradora. “Ela pediu autorização para deixar o documento na portaria e, como síndico, cumpri meu papel e autorizei. Fizemos uma reunião e o abaixo-assinado já foi retirado, por conta da baixa adesão e também da repercussão negativa”, afirmou.

Polêmica
A atitude causou polêmica entre moradores. Nas redes sociais, muitos discordaram da medida e criticaram o abaixo-assinado.

“Eu apoio o CBMDF. Quando escuto uma sirene, tenho certeza que o socorro está chegando. Sirene ligada, sim!”, publicou um morador no grupo do Facebook da Associação de Moradores e Amigos de Águas Claras.

“Falta do que fazer. Vão lavar roupa em casa para ver se ocupam a mente. E ainda tem gente que faz parte disso. Ridículo!”, criticou outra moradora.